Irã afirma que segunda usina nuclear não é secreta; EUA ameaçam novas sanções

Do UOL Notícias* Em São Paulo

A segunda usina de enriquecimento de urânio que o Irã está construindo não é secreta, disse nesta sexta-feira (25) um oficial iraniano. "Se ela fosse uma fábrica secreta, nós não teríamos informado a Agência Internacional de Energia Atômica", disse o oficial.

Nesta sexta-feira, os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, e da França, Nicolas Sarkozy, denunciaram a construção desta segunda usina do Irã e ameaçaram o país de novas sanções, no encontro do G20 em Pittsburgh. Segundo Obama, a usina, cuja existência foi ocultada "durante anos", não é compatível com um programa civil. Obama pediu que o Irã abra a usina à visita de inspetores internacionais e disse que continua comprometido a manter o diálogo com o país, apesar de este país se recusar a "assumir suas responsabilidades internacionais".

Já Sarkozy disse que se não mudar de atitude, o regime de Teerã ficará mais exposto a sanções. Na opinião do primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, estas punições devem ser mais severas.

Em nota, a AIEA disse que recebeu, por carta, a informação sobre a construção da nova usina de enriquecimento de urânio pelo Irã em 21 de setembro. Na carta, o Irã assegura à agência que informações complementares serão fornecidas no "momento apropriado".

"Em sua resposta, a AIEA pediu ao Irã que apresente informações específicas e conceda acesso à instalação o mais rápido possível. Isto permitirá à agência avaliar os requisitos para a verificação da proteção desta instalação", disse o porta-voz da AIEA, Marc Vidricaire, em um comunicado.

O nível de enriquecimento seria de até 5%, que é um nível baixo de enriquecimento e não elevado o suficientemente elevado para fabricar o material físsil de uma bomba atômica. O urânio pouco enriquecido é utilizado para fabricar combustível nuclear.

"A agência também entende que segundo o Irã não foi introduzido material nuclear na instalação", completa o comunicado da AIEA.

*Com informações da EFE, da AFP e da Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos