Pais do "menino do balão" devem se declarar culpados por mentir sobre acidente com o filho

Do UOL Notícias* Em São Paulo

Os pais que chamaram a atenção do mundo todo ao alertar que um de seus filhos estava dentro de um balão desgovernado devem se declarar culpados por fraude, informou a imprensa americana nesta quinta-feira.

De acordo com um dos advogados do casal, Richard e Mayumi Heene vão se declarar culpados nesta sexta para evitar a deportação de Mayumi, de nacionalidade japonesa.

A família Heene ganhou as manchetes no mês passado, quando anunciarm que seu filho Falcon, de 6 anos, havia saído voando acidentalmente em um balão de hélio de fabricação caseira.

Depois de uma intensa busca do menino - transmitida ao vivo pela televisão -, ele foi encontrado escondido em sua casa. Em uma das entrevistas concedidas depois do incidente, o próprio garoto disse que tinha se escondido porque eles preparavam o "show".

Documentos divulgados pela Justiça e citados pela rede CNN afirmam que o casal havia preparado o plano cerca de duas semanas antes do incidente e "instruíram seus três filhos a mentir para as autoridades e para a imprensa em relação à farsa".

A motivação dos pais, segundo a investigação, seria "fazer a família Henne mais atraente para seus futuros planos midiáticos".

*Com informações da AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos