Nigeriano é suspeito de casar com a própria filha por visto britânico, diz jornal

Do UOL Notícias* Em São Paulo

Um funcionário nigeriano do departamento de imigração e segurança do Reino Unido é suspeito de casar com a própria filha para conseguir um visto para ela. Ele vive há 30 anos no país e, em 2007, foi à Nigéria forjar a documentação do casamento, segundo o jornal britânico "Daily Mail".

Aos 54 anos, o homem até há pouco tempo trabalhava como enfermeiro ocupacional junto aos oficiais de imigração do aeroporto de Gatwick, em Londres. Sua suposta filha tem em torno de 35 anos, mas seu passaporte diz que ela é mais velha. Na Nigéria, é casada e tem quatro filhos.
  • Reprodução

    Site de jornal britânico diz que objetivo da suposta fraude é levar toda a família para o Reino Unido


O alerta para o caso foi dado por um denunciante que afirma que o "casal" chegou a contratar pessoas para irem ao casamento como forma de fazê-lo parecer legítimo.
Seu visto provisório venceu no mês passado, e ela espera conseguir um visto permanente.

O pai nega participação em qualquer fraude e insiste que mora com sua mulher, e não com sua filha. No entanto, a mulher teria dito a um amigo que estava esperando o visto para então se "divorciar do papai" e trazer seu marido verdadeiro e filhos para a Europa.

O departamento de segurança recebeu a denúncia sobre a fraude há dois anos. A agência de imigração só se pronunciou agora, após o caso passar pelo conhecimento de um parlamentar conservador e chegar à imprensa. De acordo com a agência, o "casal" nigeriano está sob investigação.

*Com informações do Daily Mail

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos