ONG Médicos Sem Fronteiras já atendeu mais de 1.000 feridos em terremoto no Haiti

Do UOL Notícias
Em São Paulo

As equipes da ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Porto Príncipe já atenderam mais de 1.000 pessoas atingidas pelo terremoto que devastou boa parte do Haiti na terça-feira (12). A organização montou quatro tendas improvisadas, instaladas perto de unidades de saúde do MSF que ficaram destruídas com o sismo, de acordo com um informativo divulgado nesta quinta-feira (14) pela ONG.

A maior preocupação da equipe médica é com a realização de cirurgias. Uma das equipes irá atuar no maior hospital público do distrito de Cite Soleil --um dos mais carentes da capital haitiana--, onde há um centro cirúrgico.

Segundo o informativo, um hospital móvel, equipado com duas salas de cirurgia, deve chegar por avião nas próximas horas, junto com cirurgiões e anestesistas. As equipes em Porto Príncipe tentam localizar mais estruturas médicas que não foram destruídas e podem ser usadas para a realização de cirurgias.

De acordo com a ONG, alimentos, água e materiais de abrigo estão acabando. "Provisões básicas são sempre problemáticas para as pessoas em Porto Príncipe, mas agora é ainda pior", diz Vincent Hoedt, um dos coordenadores de emergência de MSF.

"Obviamente há uma preocupação com as pessoas que já estão enfraquecidas devido aos ferimentos. Também há falta de itens como gasolina, o que afeta o trabalho de todos os tipos de equipamentos vitais", acrescenta o médico.

Dos sete voos fretados programados para pousar em Porto Príncipe, apenas um que partiu do Panamá já está em solo haitiano. A aeronave trouxe 25 toneladas de material de emergência, incluindo três kits médicos para desastres e cobertores, lâminas de plástico, kits de higiene e de cozinha, tendas e galões de água, segundo o MSF.

Cerca de 80 trabalhadores extras do MSF devem chegar ao Haiti para reforçar as equipes. A ONG informou que não foi possível confirmar o paradeiro de todos os haitianos que fazem parte da organização ou que estavam sendo atendidos antes do terremoto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos