Você Manda: brasileiros no Chile enfrentam dificuldades para voltar ao país

Do UOL Interação*

Em São Paulo

*Atualizado às 19h38

Internautas do UOL continuam enviando relatos a respeito do terremoto que atingiu o Chile na madrugada de sábado (27). O tremor, de magnitude 8.8, matou mais de 700 pessoas, segundo informações do governo. As autoridades declararam parte do país como zona de catástrofe. 

Casas e carros destruídos

  • Alejandro Garcia/Você Manda
  • Alejandro Garcia/Você Manda
  • Fotos enviadas pelo internauta Alejandro Garcia mostram a destruição nas ruas do Chile após o terremoto que ocorrreu no último sábado

Brasileiros como Ana Soares, de Ibitinga (interior de São Paulo), relatam a situação de caos que tomou conta da capital Santiago. "Procuramos a Embaixada, mas tivemos dificuldades em ser atendidos. O Consulado não nos ajudou", diz. Nas palavras de Ana, a situação do aeroporto de Santiago é "catastrófica", e muitos brasileiros ainda esperam apoio do governo para retornarem ao país.

A assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB) informou hoje (1º) que há aeronaves disponíveis para serem utilizadas no transporte de brasileiros que estão no Chile, mas que aguarda um pedido do Ministério das Relações Exteriores ou mesmo do Ministério da Defesa.

Ontem (28), 12 brasileiros que estavam no Chile desembarcaram na Base Aérea de Brasília em um avião VC-99 B Legacy da FAB.

Novos tremores
O Chile foi atingido na noite deste domingo (28) por três novas réplicas de mais de 5 graus de magnitude na escala aberta de Richter, segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS). A internauta Paola Monreal relata, em grupo de discussão aberto pelo UOL, que "a cada tremor, o medo vem. Você não sabe se vai parar ou se vai continuar e virar terremoto."

Leia relatos enviados pelos internautas:

Pedido de ajuda ao presidente Lula
É um absurdo o Consulado Brasileiro não nos passar nada de concreto, nem a ajuda do Presidente Lula chega ao Chile para resolver a situação dos brasileiros. Nós estamos presos no aeroporto de Santiago, a questão é burocrática. O sistema da polícia federal foi destruído e agora temos que ficar à espera deles. Quero voltar ao Brasil, faço aqui um apelo ao sr. presidente Lula: Resolva os casos de seus conterrâneos, estamos aqui sem ajuda alguma, pois tanto nós brasileiros queremos voltar ao nosso pais, quanto os chilenos presos no Brasil também querem voltar ao Chile. Isso é um absurdo! (Petrônio Torres)

Falta de informação
"Estou em Santiago, na cidade está tudo bem porém o pior è a falta de informação. Ninguém sabe nada sobre a reabertura do aeroporto e os chilenos reclamam muito da falta de comprometimento do governo atual (que muda dia 11 de março).

A embaixada e o consulado também não sabem de nada. Seria bom se o governo brasileiro fizesse alguma coisa pelos seus cidadãos. Por que demoram tanto para enviar aviões para nos resgatar?" (Hugo Zierth, de Santiago, Chile)

Dificuldades na embaixada
"Gostaria de saber o que o governo brasileiro está fazendo pelos brasileiros que se encontram no Chile, pois meu esposo se encontra em Santiango e está na embaixada juntamente com dezenas de brasileiros desesperados para voltarem. A resposta que se tem é que o governo brasileiro não vai enviar um avião para retirá-los. Não sei o que fazer." (Fabiana Oliveira, Franca - SP)

Instantes após o terremoto

  • Vídeo enviado por internauta mostra escuridão nas ruas de Santiago logo após os tremores

"Estou em Santiago. Procuramos a Embaixada, mas tivemos dificuldades para ser atendidos - o Consulado também não nos deu suporte. Estamos aguardando orientação de uma diplomata que foi muito gentil e atenciosa. A situação do aeroporto de Santiago é catastrófica. Esperamos intervenção do Governo, da Embaixada e dos Consulados para poder voltar ao Brasil. Por bem, o bairro onde estou hospedada teve poucas avarias. Estamos tranquilos, somente aguardando informaçoes para voltar pra casa em segurança." (Ana Soares, de Santiago, Chile)

Réplicas assustam
"Hoje pela manhã, eu e mais dois amigos que estamos no Chile a trabalho procuramos a Embaixada do Brasil, porém as notícias não foram boas, haja visto que o aeroporto está com várias avarias e não há notícias de quando seremos resgatados. As réplicas continuam aqui em Santiago, e hoje pela manhã sentimos um terremoto um pouco mais forte." (Rafael Bernardes Marchiori, de Santiago, Chile

"Após ter vivenciado o terremoto de 1985 em Santiago do Chile, fiquei com um medo inevitável. A cada tremor, o medo vem. Você nao sabe se vai parar ou se vai continuar e virar terremoto. Somos um país medianamente organizado e preparado para esses eventos, mas ninguém pode superar a natureza. Agora, a cada hora sabemos de mais mortos e desaparecidos, principalmente no sul. E as réplicas continuam... Treme e treme." (Paola Monreal, Chile)
 

ENVIE RELATOS, FOTOS E VÍDEOS SOBRE O TERREMOTO

Você estava no Chile no momento em que o terremoto aconteceu? Possui amigos ou parentes que presenciaram o terremoto? Envie seu relato, fotos ou vídeos para o UOL.

Forte terremoto atinge o Chile

  • UOL/Você Manda/Alejandro García

    Foto registrada por Alejandro García mostra os danos causados pelo terremoto na região central de Santiago, no Chile.

Para enviar seu conteúdo, você pode acessar a plataforma multimídia UOL Mais. Você também pode colaborar por e-mail, enviando seu material para vocemanda@uol.com.br. Pelo Twitter, o canal oficial é: @UOLNoticias.

No UOL Mais, o processo é simples. Em primeiro lugar, faça seu login. Caso não seja assinante do UOL, você pode fazer o cadastro gratuito com qualquer conta de e-mail.

Depois de logado, acesse a área de publicação. Publique seu vídeo ou foto selecionando o que você gravou/fotografou previamente e salvou no disco rígido do seu computador, por exemplo, na pasta "Meus Documentos

Selecionado o vídeo/foto, basta clicar em "Enviar vídeo" ou "Enviar foto" .

O UOL Mais vai carregar uma tela para que você cadastre o vídeo/foto. É muito simples, coloque um título, na descrição você pode repetir o título.

Não se esqueça de manter as tags Vc Manda, terremoto, chile, noticias, 2010 para que a Redação do UOL possa detectar o seu conteúdo. Feito isso, basta clicar em "Salvar e Publicar", e em alguns instantes seu vídeo/foto já estará disponível.

* Com informações do UOL Notícias

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos