Às vésperas da eleição legislativa, ataques a bomba deixam 33 mortos no Iraque

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

Atualizado às 14h20

Dois postos de polícia e um hospital foram alvo de ataques suicidas a bomba no Iraque e deixaram 33 pessoas mortas e outras 55 feridas nesta quarta-feira (3), véspera da eleição parlamentar no país.

Segundo a polícia, no primeiro dos dois ataques os carros carregados com explosivos foram detonados nos centros da polícia no oeste da cidade de Baquba, 65 km ao nordeste de Bagdá.O terceiro homem-bomba, aparentemente vestindo um uniforme da polícia e a pé, se explodiu no principal hospital da cidade, enquanto feridos eram levados para lá.

A votação de domingo no Iraque é vista como um passo fundamental para o país, uma vez que as tropas norte-americanas se preparam para encerrar as operações de combate em agosto, antes da retirada total no fim de 2011. Soldados, policiais, presos, trabalhadores de determinadas profissões e doentes começam a votar amanhã, ao passo que os iraquianos que vivem no exterior irão às urnas na sexta-feira.

Segundo a missão da ONU no Iraque (Unami), 18,9 milhões de pessoas estão aptas a votar no pleito legislativo de 7 de março (domingo), para o qual serão instalados 64 mil centros eleitorais em diferentes pontos do país.

Pela primeira vez na história do Iraque, os iraquianos votarão em listas abertas, o que dará aos eleitores a possibilidade de escolher um determinado grupo político ou um de seus representantes.

* Com informações das agências internacionais

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos