Não há brasileiros entre as vítimas de terremoto no México, afirma Itamaraty

Renata Giraldi
Da Agência Brasil
Em Brasília

O Ministério das Relações Exteriores informou nesta segunda-feira (5) que não há brasileiros entre as vítimas do terremoto que atingiu o México ontem (4). Segundo o Itamaraty, a Embaixada do Brasil na Cidade do México acompanha as atividades do governo federal e também do estado da Baixa Califórnia, onde houve o abalo de 7,2 graus de magnitude na escala Richter. O objetivo é atualizar as informações e verificar a presença de brasileiros.

As autoridades mexicanas confirmaram que duas pessoas morreram em consequência do terremoto. Há, aproximadamente, 100 feridos no estado da Baixa Califórnia. As informações são da agência portuguesa Lusa.

De acordo com a Coordenação-Geral de Proteção Civil do país, o tremor foi registrado às 17h40 no horário local (21h40 no horário de Brasília), a 60 quilômetros ao sul de Mexicali, capital da Baixa Califórnia. Vinte réplicas (tremores secundários) haviam sido sentidas até ontem na região e até mesmo em algumas áreas dos Estados Unidos

Na madrugada de hoje (5) também houve mais tremores de terra no Chile. De acordo com o Escritório de Emergência chileno, cuja sigla é Onemi, foram registrados terremotos na capital administrativa do país, Santiago, e política, Valparaíso. Os tremores atingiram 4 graus na escala Richter, em Santiago, e 5 graus, em Valparaíso.

Desde o dia 27 de fevereiro, o Chile sofre com uma série tremores de terra. O mais forte deles foi de 8,8 graus na escala Richter, mas outros se seguiram, assim como os tsunamis na região costeira do país. As áreas mais atingidas do Chile são o Centro e o Sul do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos