Indonésia suspende alerta de tsunami

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

  • Google Earth/USGS/UOL Arte

    Localização do terremoto marcada com uma estrela vermelha, segundo informações do USGS. No detalhe, cores mostram intensidade do tremor: do amarelo, mais forte, ao azul, mais fraco

A Indonésia suspendeu o alerta de tsunami dado após um terremoto de 7,7 pontos na escala Richter ter atingido a Província de Aceh, na ilha de Sumatra, na madrugada desta quarta-feira (7).

O tremor aconteceu às 5h15, no horário local (19h15 de terça-feira, no horário de Brasília), a uma profundidade de 46 quilômetros.

Inicialmente, o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) havia divulgado que o tremor atingira 7,8 na escala Richter, mas a intensidade foi revisada para 7,7 pelo centro de pesquisa.

Um repórter da agência Reuters relatou ter presenciado pelo menos três réplicas após o tremor principal. Ainda não há informações sobre vítimas ou danos.

O fornecimento de energia elétrica foi suspenso em Acehnese, capital da província de Aceh, mas os telefones celulares operavam normalmente.

"Nosso pessoal não relatou qualquer dano significativo em Sinabang [60 km a sudeste do epicentro]", disse o chefe local da polícia, Dedi Junaidi.

Segundo o correspondente da AFP em Aceh, "as pessoas entraram em pânico e abandonaram suas casas" durante o tremor, que durou cerca de um minuto. "Vi muita gente que mora perto do mar fugindo de motocicleta" com medo de tsunami.

Histórico
Em 2004, a mesma região foi atingida por um terremoto de magnitude 9,1 na escala Richter, um dia depois do Natal. Na ocasião, o tremor provocou ondas gigantes que deixaram mais de 227 mil mortos em Sri Lanka, Tailândia, Indonésia, Índia, Japão e outros oito países.

Após esse caso, 2004 se tornou o ano com maior número de mortes em decorrência de terremotos nas últimas duas décadas, segundo os dados da USGS.

Até o momento, 2010 é o segundo pior ano em duas décadas em vítimas de tremores, com mais de 200 mil mortos no Haiti e mais de 500 mortos no Chile.

*Com informações de agências internacionais e CNN

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos