Vaticano admite que ex-bispo abusou de coroinha na Noruega

Da Reuters

  • Gorm Kallestad/Scanpix Norway/AFP

    O ex-arcebispo de Trondheim (Noruega) Georg Müller, que abusou de um menor há 20 anos

    O ex-arcebispo de Trondheim (Noruega) Georg Müller, que abusou de um menor há 20 anos

A Igreja Católica da Noruega e o Vaticano admitiram nesta quarta-feira (7) que um bispo que renunciou no ano passado abandonou o cargo depois da descoberta de que havia cometido abusos sexuais contra um coroinha duas décadas antes.

Em nota, o Vaticano confirmou o teor de um texto divulgado pelo site da Igreja norueguesa a respeito da renúncia do bispo de Trondheim, Georg Mueller, em junho. O abuso ocorreu na época em que Mueller era padre na cidade.

O caso se soma a outros escândalos de pedofilia envolvendo clérigos católicos nos EUA, na Europa e em outras regiões. Mas raros foram os casos, como o de Mueller, em que um bispo renunciou por causa de abusos sexuais do passado. Isso ocorreu em 2002 com Juliusz Paetz, arcebispo de Poznan, na Polônia, e em 1995 com o cardeal Hans Hermann, de Viena. Ambos haviam sido acusados de abusos contra seminaristas.

Em junho de 2009, o Vaticano anunciou que o papa Bento 16 havia aceitado a renúncia de Mueller, mas sem explicar os motivos. Como de hábito, na época a Santa Sé citou apenas a lei canônica 401/2, que declara que o bispo deve apresentar sua renúncia ao papa caso se torne "inadequado para o preenchimento do cargo".

A Igreja norueguesa e o Vaticano só admitiram os detalhes do caso depois de ele ser noticiado na quarta-feira pelo jornal norueguês Adresseavisen. Mueller, nascido na Alemanha, foi bispo de Trondheim de 1997 a 2009.

O Vaticano disse que as autoridades eclesiásticas só souberam dos abusos em janeiro de 2009, que Mueller apresentou sua renúncia em maio, e que "o papa rapidamente a aceitou".

Mais tarde, o bispo passou por terapia e não está mais envolvido em atividades pastorais, segundo o Vaticano.

A vítima já tem mais de 30 anos e prefere permanecer no anonimato. Pela lei norueguesa, esse crime de abuso sexual já prescreveu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos