Países da União Europeia acertam diminuição das restrições de voo

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

Atualizada às 17h13

Os ministros de Transporte da União Europeia (UE) chegaram hoje (19) a um acordo para flexibilizar o fechamento do espaço aéreo sem pôr em risco a segurança. Uma parte do espaço aéreo europeu fechado pelas cinzas de um vulcão islandês reabrirá progresivamente a partir desta terça-feira, às 8h locais (3h de Brasília).

Grupo de discussão

Sua viagem para a Europa foi afetada? Você está em algum aeroporto europeu? Como está
a situação dos voos?

A medida deverá reduzir a área restrita onde vigora a proibição de voos na Europa em meio às cinzas expelidas pelo vulcão da geleira de Eyjafjallajoekull, na Islândia, que está em erupção desde a quarta-feira passada.

A Agência Europeia para a Segurança da Navegação Aérea (Eurocontrol) tinha determinado aos governos da UE uma redução do espaço aéreo proibido a voos comerciais por causa da nuvem de cinza vulcânica, após duras críticas recebidas por parte das companhias.

Paralelamente, será permitido às companhias aéreas decidir por si próprias se atuarão em áreas menos poluídas pelas cinzas fora dessa primeira "faixa vermelha".

O órgão que controla o tráfego aéreo britânico confirmou que o espaço aéreo da Irlanda do Norte, da Escócia e do norte da Inglaterra reabrirá às 7h da terça-feira (hora local, 2h da terça-feira em Brasília).

A Bélgica anunciou que permitirá alguns pousos a partir das 8h da terça-feira (3h em Brasília) e decolagens a partir das 14h (9h em Brasília).

Veja a situação dos aeroportos

Na Alemanha, a autoridade de aviação civil autorizou a companhia aérea Lufthansa a operar 50 voos rumo ao país na noite desta segunda-feira. Em seu site, a empresa anunciou que dará prioridade a voos vindo da Ásia, da África e das Américas, que deverão levar um total de 15 mil passageiros a Frankfurt, Dusseldorf e Munique.

 A França reabriu aeroportos no sul do país e anunciou que, a partir das 8h da terça-feira (3h em Brasília) abrirá "corredores aéreos" para Paris, permitindo o pouso de aviões vindos de outros continentes.

A companhia Air France avisou, em seu site, que passageiros com bilhete para voar para São Paulo na noite desta segunda-feira seriam levados de Paris a Toulouse, de onde seguiriam para o Brasil.

Voos cancelados

Ao todo, cerca de 70% dos voos previstos para hoje na Europa devem ser cancelados, de acordo com a agência europeia de aviação, a Eurocontrol. Entre 8.000 e 9.000 dos 28 mil voos previstos para o dia devem ser liberados, os demais permanecerão cancelados devido à nuvem de cinzas. No domingo, apenas 20% do tráfego aéreo foi garantido.

Raio-x da Islândia:

  • Nome oficial: República da Islândia
    Capital: Reykjavík
    População: 306.694
    Tipo de governo: República Constitucional
    Clima: Temperado; moderado pela Corrente do Atlântico Norte, inverno suave, ventoso, úmido, verão fresco
    Relevo: Maioria de planaltos intercalados com picos de montanhas e campos gelados; litoral profundamente recortado por baías e fiordes
    Perigos naturais: Terremotos e atividade vulcânica
    Fonte: CIA Factbook


A Eurocontrol espera que amanhã entre 40% e 45% dos voos previstos no espaço aéreo europeu decolem, contra os 30% que conseguiram sair hoje, segundo um responsável da agência. A previsão para a quarta-feira é que haja outro aumento similar entre 10% e 15%.

A Infraero, estatal responsável pelos aeroportos brasileiros, confirma o cancelamento de 22 voos entre Europa e Brasil nesta segunda-feira.

Funcionamento dos aeroportos
O sul da Europa, incluindo Portugal, Espanha, algumas áreas da Itália, da França, a região dos Bálcãs, Bulgária, Grécia e Turquia, assim como algumas zonas do norte, em especial Noruega e Suécia, estão atualmente abertas ao tráfego civil.

Estão com o espaço aéreo fechado: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Estônia, Finlândia, Hungria, Irlanda, Letônia, Luxemburgo, Holanda, República Tcheca, Romênia, Eslováquia, Suíça e Grã-Bretanha.

Estão com o espaço aéreo parcialmente fechado: Bulgária, França (Paris e norte do país fechados até segunda-feira), Itália (norte do país fechado até segunda), Noruega (voos reduzidos no norte), Polônia e Suécia.

Operam normalmente: Grécia, Lituânia, Portugal, Rússia, Turquia, Ucrânia e Espanha.

Os especialistas reconhecem que é difícil prever a evolução da erupção, já que a última deste vulcão aconteceu em 1821. Daquela vez, a erupção durou mais de um ano e provocou uma liberação significativa de cinzas, mas de forma descontínua.

O caos aéreo entrou hoje no seu quinto dia, com o espaço aéreo total ou parcialmente fechado em pelo menos 20 países europeus.

Mais de 6,8 milhões de passageiros foram afetados pela maior crise no setor de transporte desde os atentados de 11 de setembro de 2001.

Nos últimos quatro dias, cerca de 63 mil voos foram cancelados, o que provocou perdas estimadas em torno de US$ 200 milhões (R$ 350 milhões) por dia.

* Com as agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos