Paquistanês de atentado frustrado entrou para lista de suspeitos horas antes de ser preso em aeroporto de NY

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

Faisal Shahzad, o paquistanês com cidadania americana que é acusado pelo FBI (polícia federal dos EUA) de dirigir um carro-bomba em Times Square, foi colocado na segunda-feira na "no-fly list", a lista de suspeitos impedidos de voar para deixar o país. A inclusão foi feita, portanto, horas antes de Shahzad tentar deixar os Estados Unidos pelo aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, de acordo com o diretor do FBI, John Pistole.

O presidente Barack Obama havia ordenado em dezembro passado uma revisão do sistema de segurança e de inteligência relacionado às listas de suspeitos de terrorismo. Obama tomou essa medida após um nigeriano ter tentado explodir em pleno ar um avião que se preparava para aterrissar em Detroit.

As autoridades americanas começaram a procurar o suspeito depois que rastrearam o antigo proprietário do veículo Nissan preto, registrado anteriormente na cidade de Bridgeport (Connecticut), que tinha anunciado a caminhonete para venda em vários sites de revenda de carros. Segundo o antigo dono, o suspeito pagou o carro em dinheiro vivo e a venda foi tratada sem qualquer documentação formal, ao custo de cerca de U$ 2.000. Nesta terça-feira (4), agentes do FBI revistaram a casa de Shahzad, localizada na mesma cidade.

A polícia de Nova York não confirma nem nega ser Faisal Shahzad o homem filmado por câmeras de segurança deixando o local onde o carro-bomba foi abandonado em Times Square, uma das regiões mais movimentadas de Manhattan.

* Com agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos