Candidatos britânicos são alvos de descrença e chacota nos tabloides e em jogos na web

Talita Boros
Do UOL Notícias
Em São Paulo

Às vésperas das eleições parlamentares no Reino Unido, o candidato do Partido Trabalhista, Gordon Brown, foi alvo de descrença nas manchetes dos sites de tabloides do país. Se não bastasse as manchetes, jogos online completam a chacota ao atual primeiro-ministro, que também não poupam Nick Glegg, do Partido Liberal-Democrata, e David Cameron, do Partido Conservador.

O tabloide “The Sun”, o mais popular da região, fala em “dossiê que envergonha o trabalho”, em referência ao trabalhista  Brown.  Em todas as áreas de governo –saúde, desemprego, violência, economia, imigração, educação, segurança e família-- o mandato de Brown é apontado como um fracasso. Se depender do especial publicado pelo jornal, o atual premiê teria poucas chances de conseguir a maioria no governo. A discussão aberta aos internautas no fórum do “Sun” basta para refletir o clima pré-eleitoral da publicação sob o trabalhista: "Brown é o pior primeiro-ministro da história?”.

  • "Dossiê que envergonha o trabalhista" é o especial do "Sun" que ataca o governo de Brown

A coluna política assinada por Fraser Nelson, no tabloide “News of the World”, chama o trabalhista de “Angry Gordon” (Gordon Nervoso, em tradução literal) e afirma que ele “está acabado”. A chamada do texto diz ainda: “ele não acredita nos eleitores. E o sentimento é mútuo”.

  • Coluna de Fraser Nelson no "News of World": "Gordon Raiva" está acabado

Depois do primeiro debate na televisão entre os três candidatos ao cargo mais alto do parlamento, realizado no dia 15 de abril, os liberais-democratas liderados por Nick Clegg, ganharam grande apoio e viraram a surpresa da campanha. Após o embate os trabalhistas perderam o segundo lugar para os liberais.

Agora as últimas sondagens divulgadas apontam 35% dos votos ao Partido Conservador, de David Cameron, e entre 29% e 30% aos trabalhistas. Já o Partido Liberal-Democrata, liderado por Nick Clegg, aparece em terceiro com entre 24% e 26% de apoio.

Humor

Dois jogos de computador criados por britânicos levam com humor a batalha travada pelos três candidatos desde o início da campanha eleitoral. O primeiro faz Brown, Clegg e Cameron literalmente lutarem entre si. Só que ao invés de ternos e gravatas, os uniformes dos líderes são quimonos.

Com o nome de “Downing Street Fighter” --uma junção do nome da residência oficial do primeiro-ministro e do famoso jogo de luta “Street Fighter”-- o game dá a opção do internauta escolher um dos candidatos para ser seu lutador.

  • "Downing Street Fighter": nome da residência do primeiro-ministro e de famoso jogo de luta

O segundo jogo "Vote for Brains" (Voto para Cérebros, em tradução literal) transforma os três candidatos em zumbis. O internauta recebe bolas de beisebol e as rebate direto nos inimigos.

Os adversários são os outros combatentes da corrida parlamentar e um oponente especial chamado de “Blair Witch” –em alusão ao filme “Bruxa de Blair”—que tem duas cabeças: dos ex-primeiros ministros Tony Blair e Margareth Thatcher. Detalhe, com chifres.

  • Os internautas devem acertar os candidatos zumbis com bolas de baisebol

Brown, Clegg e Cameron aparecem como mortos-vivos: verdes, com os olhos vermelhos e com aquele característico jeito de andar.

Caso a missão falhe, os zumbis comem o cérebro do internauta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos