Lula envia cartas a Obama, Sarkozy e Medvedev pedindo apoio ao Acordo de Teerã

Luiz Antônio Alves e Jacqueline Bogdezevicius
Da Agência Brasil

Em Brasília e em Buenos Aires

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou hoje (25) uma carta aos presidentes da França, Nicolas Sarkozy, e da Rússia, Dmitri Medvedev, pedindo apoio ao acordo assinado entre o Irã, o Brasil e a Turquia no último dia 7, em Teerã. Carta com o mesmo teor, foi enviada ontem (24) ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

A informação foi divulgada agora há pouco pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, durante entrevista na casa do embaixador do Brasil em Buenos Aires, Enio Cordeiro. Segundo o ministro, na carta, o presidente Lula diz que se houver uma resposta positiva do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) ao Irã sobre o acordo assinado no dia 7, "cria-se um círculo virtuoso para novas conversações".

Pelo acordo, o Irã enviará 1,2 mil quilos de urânio levemente enriquecido a 3,5% para a Turquia e, em troca, receberá o produto enriquecido a 20% para uso em pesquisas médicas.

Amorim reiterou que o acordo de Teerã atende aos pedidos feitos pela Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea). "Nós fizemos nossa tentativa", disse o ministro, "Foi um acordo muito conversado e nos orgulhamos muito. Seu objetivo foi criar um clima de confiança internacional. Pode não resolver todo o problema da energia nuclear no Irã, mas abre possibilidades para conversações".

O presidente Lula encerrou sua participação das comemorações pelo Bicentenário de Independência da Argentina e está a caminho da base aérea de Buenos Aires, de onde volta a Brasília.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos