Chile sofre novos tremores de até 5 pontos na escala Richter

Renata Giraldi
Da Agência Brasil
Em Brasília

O Chile foi atingido na madrugada de hoje (11) por uma série de terremotos com magnitude de 2 a 5 pontos na escala Richter. As regiões afetadas foram Valparaíso, onde funciona o Parlamento chileno, a capital Santiago, OHiggins e Maule. De acordo com as autoridades chilenas, não há registros de danos nem de pessoas prejudicadas. Mas o Escritório de Emergência (cuja sigla em espanhol é Onemi) está em alerta.

O terremoto de maior intensidade foi sentido no Centro do Chile, na região de Maule, nas cidades de Llico e Iloca, onde os tremores chegaram a 5 pontos na escala Richter. Na mesma região, nas cidades de Cauquenes, Parral e Aposentadoria, os abalos atingiram magnitude 4.

Há cerca de quatro meses, o Chile foi atingido pelo pior terremoto dos últimos 50 anos. Os registros apontaram tremores de 8,8 pontos na escala Richter. Dados preliminares indicaram que cerca de 500 pessoas morreram, 2 milhões ficaram desabrigadas e prédios públicos e privados sofreram graves danos. Na região litorânea, houve tsnunamis e as ameaças permanecem.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi o primeiro governante estrangeiro a prestar solidariedade ao Chile. Ele visitou o país e ofereceu apoio. Foram enviados hospitais de campanha e material para a reconstrução de pontes e de primeiros socorros.

O governo do presidente do Chile, Sebastián Piñera, e a população ainda se esforçam para a reconstrução do país. Ao assumir o governo, em março, Piñera disse que essa era a sua prioridade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos