Coreia do Norte diz que reagirá militarmente a possível condenação da ONU

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

O embaixador da Coreia do Norte nas Nações Unidas, Sin Son Ho, afirmou nesta terça-feira (14) que o país reagirá militarmente a uma eventual condenação do Conselho de Segurança da ONU no caso do afundamento de uma corveta sul-coreana.

"Se o Conselho de Segurança publicar algum documento contra nós, condenando ou questionando, então, eu, como diplomata, não poderei fazer nada a não ser a dar andamento a medidas que serão tomadas por nossas forças militares", afirmou o embaixador.

O Conselho de Segurança advertiu ontem as Coreias do Sul e do Norte para que evitem qualquer ato que conduza a uma escalada na região. A Coreia do Sul levou nesta segunda-feira ao conselho da ONU o resultado da investigação oficial com a qual responsabilizou um torpedo norte-coreano pelo afundamento, em março, da corveta sul-coreana "Cheonan" e posterior morte de 46 marinheiros.

Durante quase duas horas, a equipe internacional que investigou o incidente a pedido de Seul apresentou, em reunião a portas fechadas, as provas que supostamente envolvem Pyongyang no ataque em março, que elevou a tensão na relação entre as duas Coreias.

"Apresentamos e explicamos ao Conselho de Segurança as provas de que o 'Cheonan' foi afundado por um torpedo fabricado na Coreia do Norte e lançado de um minissubmarino norte-coreano", afirmou, na saída da reunião, o co-presidente da comissão de investigação, o sul-coreano Yoon Duk-yong.

O especialista disse que entre as evidências apresentadas estão peças, como hélices e um motor, do projétil que afundou o navio e que, supostamente, foi indentificado como um torpedo CHT-025 produzido na Coreia do Norte.

"De acordo com as conclusões, esperamos que o Conselho de Segurança adote com prontidão as medidas adequadas contra a provocação da Coreia do Norte", acrescentou.

* Com agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos