Gastos da BP com vazamento chegam a US$ 2,35 bilhões; ações caem ao menor nível em 13 anos

Do UOL Notícias

Em São Paulo

O grupo petroleiro britânico BP (antiga British Petroleum) anunciou nesta sexta-feira (25) que os gastos relacionados com o vazamento no golfo do México atingiram US$ 2,35 bilhões.

Este montante inclui o conjunto dos gastos realizados para conter e limpar o petróleo derramado, a perfuração de poços de emergência, as ajudas pagas aos Estados atingidos, pelos danos feitos e as quantias entregues às autoridades federais.

O grupo britânico reiterou que é muito cedo para calcular o custo final da catástrofe.

Ações têm menor nível em 13 anos

As ações da BP caíam hoje na Bolsa de Valores de Londres ao menor nível em 13 anos devido à preocupação dos investidores com o alto custo dos trabalhos de contenção do vazamento.

Os títulos da BP, que retrocedem nas últimas semanas, perdiam hoje 6,32% em média.

Segundo os analistas, os investidores estão inquietos pela situação da companhia, apesar desta ter informado hoje que progridem bem os trabalhos de contenção. BP indicou que instalará outro sistema de apoio ao sino de contenção do vazamento.

Ao mesmo tempo, os analistas afirmam que preocupa os investidores a aproximação da temporada de furacões, que poderia prejudicar os trabalhos de controle do vazamento de petróleo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos