Alex vira tempestade tropical no México

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

Alex virou tempestade tropical nesta quinta-feira (1º)  enquanto se aproxima das montanhas do nordeste do México, afirmou o serviço meteorógico americano. 

Segundo a fonte consultada pela agência de notícias AFP, Alex, que tocou em terra na quarta-feira pelo nordeste do México, está perdendo força à medida que avança para o continente.

Os ventos máximos caíram para 110 km/h e o centro do ciclone se encontra a 85 km a oeste de Cidade Victoria.

Enquanto isso, o estado americano do Texas se prepara para fortes chuvas e ventos do furacão "Alex", o primeiro desta temporada.

Alex arrasta chuvas intensas que atingirão zonas do nordeste do México e o sul do estado americano do Texas, e podem causar inundações repentinas e deslizamentos de terra, segundo meteorologistas do Centro Nacional de Furacões (NHC), dos Estados Unidos.

Na quarta-feira, o presidente americano, Barack Obama, declarou estado de Emergência no Texas e autorizou o envio de fundos federais para somar-se aos esforços estaduais e locais para prevenir e reparar as possíveis consequências da tempestade tropical.

A Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema) ativou seu operacional de resposta em San Antonio e tem preparados 1,1 milhões de refeições, mais de 400 mil beliches, 41 mil lonas para tendas, mais de 100 geradores e outros materiais como cobertores, para atender à população caso que tenham que abandonar suas casas.

A Cruz Vermelha deslocou 17 veículos de emergência para o sul do Texas, e mandará pessoal adicional, junto com duas mil camas, cobertores e material de higiene.

Por sua parte, o Comando Norte ativou o escritório de coordenação do Exército caso seja necessária organização das operações de emergência perante um eventual desastre natural.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (NOAA, também na sigla em inglês) previu para a temporada de furacões no Atlântico - que começou o 1º de junho e vai até 30 de novembro -, a formação de 14 a 23 tempestades e entre 8 a 14 furacões, que atingiriam EUA, Caribe, América Central e golfo do México.

* Com as agências internacionais


 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos