Israel quer intensificar negociações com palestinos por acordo de paz

Renata Giraldi
Da Agência Brasi
Em Brasília

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta sexta-feira (9) que pretende promover negociações com os palestinos em busca da paz na região “o mais cedo o possível”.

Netanyahu disse ainda que o princípio das conversas está baseado no respeito à ideia de existência de dois Estados – um sob o comando de Israel e outro da Autoridade Nacional Palestina.

Ele admitiu, no entanto, que há dificuldade para um acordo sobre os colonos israelenses que vivem em áreas dominadas pelos palestinos. As informações são da rede de televisão estatal de Israel, Channel 1.

“Eu preciso de um parceiro. É o momento certo e os palestinos devem aceitar Israel como parceiro para um acordo”, afirmou Netanyahu.

O primeiro-ministro passou os últimos dias nos Estados Unidos onde se reuniu com o presidente norte-americano, Barack Obama, e com autoridades do Conselho para as Relações Externas e Diplomáticas. As negociações devem partir de um princípio. “O princípio é de dois Estados para dois povos. O acordo daria a Israel segurança e reconhecimento”, disse ele.

Netanyahu admitiu que a retirada de colonos israelenses de áreas – em disputa por palestinos e israelenses – põe em risco as garantias de segurança.

Israelenses e palestinos retomaram as negociações, congeladas desde 2008. Paralelamente as autoridades de Israel anunciaram a redução do embargo imposto à Faixa de Gaza há cerca de três anos.

A partir desta semana está autorizada a entrada de bens de consumo para a população da região, assim como de alimentos, medicamentos, roupas e brinquedos.

Entretanto está mantida a restrição à entrada de material considerado útil na produção de explosivos, como os utilizados em construção civil. As medidas são consideradas insuficientes para a comunidade muçulmana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos