Cantar e assobiar nas ruas pode dar multa em cidade dos EUA

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Os turistas e moradores do município de Sullivan’s Island, na Carolina do Sul (EUA), que caminharem pelas ruas cantarolando ou assobiando podem tomar uma multa de até US$ 500 (quase R$ 900) . A Câmara Municipal aprovou inicialmente uma lei que torna ilegal “qualquer pessoa que grita, buzina, apita ou canta em vias públicas” e analisa o projeto novamente, após passar por alterações, nesta terça-feira (20).

Conheça mais leis estranhas dos EUA

Miami (Flórida) É proibido imitar sons de animais
Illinois Todo veículo deve ser dirigido com o uso do volante
Kansas É proibido montar em búfalos nas ruas
Wyoming É proibido tirar fotos de coelhos, entre janeiro e abril, sem uma licença especial
Pacific Grove (Califórnia) Pessoas que molestarem ou ameaçarem borboletas podem levar multas de até US$ 500
Nova Orleans (Louisiana) É ilegal amarrar um jacaré a um hidrante
Virginia É proibido fazer cócegas em mulheres
Chico (Califórnia) Pessoas que explodirem uma bomba nuclear em seu território podem levar multa de US$ 500

A nova proposta da lei diz que as restrições devem ser aplicadas "especialmente entre as 23h00 e 07h00”, mas também "a qualquer hora ou local caso incomode ou perturbe a calma, conforto ou descanso" dos moradores da cidade.

O município de Sullivan’s Island não é o único que considera cantoria e assobio um incômodo nos Estados Unidos. Chuck Thompson, conselheiro geral e diretor-executivo da Associação Internacional dos Advogados Municipais, diz que muitas cidades no país regulamentam ruídos com base em níveis de decibéis ou restringem sons específicos, como cães latindo, por exemplo.

As cidades de Richton Park, em Illinois, Florence, no Kentucky, e La Mirada, na Califórnia, estão entre as que proíbem assobios ou cantorias.

Sullivan's Island copiou a ideia da lei de um decreto da cidade de North Charleston, publicado em 1972. Richard Lingenfelter, vice-procurador de North Charleston, disse que não se recorda de nenhuma prisão desde que a lei foi instituída.

Em Sullivan’s Island a maioria dos restaurantes fica em um bairro residencial, onde os moradores gostam de dormir antes da meia-noite e, quando o tempo está ameno, deixam as janelas abertas.

Jimmy Coste, gerente de um bar da cidade, diz que o barulho feito pelas pessoas nem é tão ruim assim. "De vez em quando tem alguém que sai fazendo mais barulho. Isso vai acontecer em qualquer local que tenha bares", disse. A maioria dos restaurantes utiliza cartazes lembrando os clientes que não se deve fazer barulho.

A cidade, que fica ao norte do porto de Charleston, tem uma população de cerca de 2.000 pessoas, mas recebe mais de 3.000 turistas durante o verão.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos