Desabamento de edifício em construção em Buenos Aires deixa um morto

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

O corpo de um homem foi encontrado nesta terça-feira (10) nos escombros do edifício em construção que desabou ontem sobre prédio comercial em Buenos Aires. As buscas por outras vítimas continuavam hoje.

De acordo com os bombeiros, 11 pessoas feridas foram retiradas dos escombros, mas é possível que ainda existam vítimas no local.

Segundo testemunhas citadas pelo jornal "La Nación", a construção tombou sobre um prédio de três andares, onde funcionava uma academia de ginástica e lojas de vendas de roupas.

O incidente aconteceu perto da esquina entre a avenida Triunvirato com a rua Mendoza, duas vias de grande circulação de pedestres e veículos no bairro de Villa Urquiza, zona norte da capital argentina.

De acordo com a versão online do jornal argentino Clarín, algumas das vítimas conseguiram pedir socorro pelo telefone celular e informar sua localização.

"Foi um segundo, a parede se quebrou e todo o andar caiu", descreveu uma vítima à imprensa, antes de ser encaminhada para um hospital.

Porta-vozes do governo de Buenos Aires disseram que a obra em construção obteve permissão em 2009 e que as inspeções foram realizadas. Mas fontes da Unión Obrera de la Construcción de la República Argentina (Uocra) disseram que, em junho passado, a união apresentou uma nota em que denunciavam irregularidades na obra à Dirección de Relaciones Laborales portenha.

O prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri, atribuiu as causas do desabamento à imperícia técnica dos responsáveis pelas obras de cosntrução.

*Com as agências internacionais e os jornais "La Nación" e "Clarín"

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos