Diagnosticado com linfoma, Lugo desembarca hoje em São Paulo para exames e tratamento

Da Agência Brasil

Em Brasília

  • Jorge Adorno/Reuters

    Lugo vem ao Brasil preparado para se submeter a sessões de quimioterapia

    Lugo vem ao Brasil preparado para se submeter a sessões de quimioterapia

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, 59 anos, desembarca nesta terça-feira (10), em São Paulo, onde deve ficar por dois dias para exames médicos no Hospital Sírio-Libanês. Diagnosticado com um linfoma, Lugo vem ao Brasil preparado para se submeter a sessões de quimioterapia. Ontem (9) assessores informaram que ele vai manter o mesmo ritmo de atividades, incluindo eventos públicos, mesmo com as eventuais sessões quimioterápicas. As informações são da Presidência do Paraguai.

Antes de embarcar para o Brasil, Lugo se reuniu com o vice-presidente da República do Paraguai, Federico Franco. Ele orientou Franco para que redobre as atenções para possíveis invasões de terra no Norte do país, na região do departamento de San Pedro. Segundo Franco, a partir do próximo domingo (15), haverá uma série de eventos políticos e Lugo está preparado para participar.

"Ele [Lugo] tem uma doença que é bastante tratável. Temos também de concordar com o presidente que é necessário não ter apenas uma versão [para o diagnóstico de linfoma] e solicitar a colaboração dos meios de comunicação para transmitir uma informação verdadeira, objetiva e distante de comentários”, afirmou Franco.

Lugo nunca pensou em renunciar, diz ministro

O presidente paraguaio, Fernando Lugo, em momento algum cogitou renunciar ao cargo quando soube que tinha um linfoma maligno, e transmitiu serenidade a toda sua equipe assegurando que poderá superar a doença e governar ao mesmo tempo, disse o ministro das Comunicações nesta terça-feira.

O especialista brasileiro Frederic Costa será o responsável pelo tratamento de Lugo. O presidente estará acompanhado pelos médicos pessoais Nestor Martinez e Alfredo Boccia. Segundo Boccia, o câncer de Lugo está em um estado mais avançado do que o anunciado inicialmente. Mas a ideia é que os exames realizados em São Paulo “fechem o processo de diagnóstico", disse o médico.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ofereceu o Legacy da Força Aérea Brasileira (FAB) e apoio logístico a Lugo. Mas, de acordo com o porta-voz da Presidência da República do Paraguai, Augusto dos Santos, o governo paraguaio vai arcar com todos os custos da viagem apesar da "atitude de solidariedade absoluta" do governo brasileiro.

No último dia 4, Lugo foi submetido a uma cirurgia de emergência para a retirada de um gânglio na virilha. Apesar do diagnóstico e da última cirurgia, o câncer foi descoberto após um check-up de rotina. A previsão é que ele permaneça dois dias em São Paulo quando haverá definição sobre o tratamento a que será submetido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos