Irã enforca três homens condenados por tráfico de drogas, diz jornal

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Três homens foram enforcados na prisão iraniana de Isfahan na manhã deste domingo (22) depois da Justiça confirmar suas condenações à morte por tráfico de drogas, segundo informações do jornal local Kayhan.

Os homens foram identificados como Akbar Z., 33, condenado por manter em sua posse 826 gramas de crack e 108 gramas de ópio; o cidadão afegão Shah S., 38, condenado por tráfico e flagrado com dois quilos de cocaína; e Hamidreza H, 28, condenado por posse e tráfico de crack.

Estas informações do jornal iraniano foram citadas por agências internacionais e organismos de direitos humanos. O motivo das condenações não foi confirmado por fontes independentes.

A organização Iran Human Rights lembra que nos últimos anos o Irã evitou realizar penas de morte durante o período islâmico sagrado do Ramadã.

Levantamento da AFP indica que 108 execuções foram realizadas no Irã este ano. Em 2009, este número foi de pelo menos 270.

Assassinato, estupro, roubo à mão armada e tráfico de drogas estão entre os crimes passíveis de condenação à morte na República Islâmica.

Segundo especialistas consultados pelo UOL Notícias, o Irã é o país com maior índice de pena de morte per capita do mundo, e o único a condenar e executar pessoas com menos de 18 anos.

A prática da pena capital no Irã ganhou repercussão no Brasil depois que organizações de direitos humanos denunciaram que uma viúva iraniana seria apedrejada pelo crime de adultério.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ofereceu asilo à mulher, mas o governo iraniano negou enviá-la ao Brasil, indicando que Lula desconhecia os detalhes da condenação e sugerindo que a medida poderia enviar um sinal equivocado para os criminosos o Irã.

A execução da viúva está temporariamente suspensa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos