Congestionamento de 100 km na China pode durar até três semanas

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

  • AP

    Congestionamento já dura 11 dias na rodovia que liga Pequim ao Tibete

    Congestionamento já dura 11 dias na rodovia que liga Pequim ao Tibete

Um enorme engarrafamento de mais de 100 km em uma estrada do norte da China chegou ao 11° dia nesta quarta-feira (25) e ainda pode durar três semanas, segundo autoridades locais.

Cenas do congestionamento

  • AP

    Motoristas dormem no asfalto

  • AP

    E jogam baralho para passar o tempo

A fila de carros e caminhões move-se muito lentamente não somente devido aos trabalhos de manutenção da estrada, mas também à presença de veículos quebrados parados no caminho e ao excesso de veículos.

Os motoristas presos na fila passam o tempo sentados à sombra, jogando cartas ou dormindo em pleno asfalto. Muitos caminhões que transportam produtos perecíveis estão com as cargas completamente apodrecidas.

Zhang Minghai, diretor da companhia de engenharia de tráfego da cidade de Zhangjiakou, próxima ao congestionamento, afirmou que no domingo, oitavo dia do engarrafamento, a maioria dos caminhões conseguiu avançar apenas pouco mais de um quilômetro na estrada.

Os trabalhos de manutenção na rodovia são necessários para o conserto de danos causados pelo aumento do tráfego de caminhões. Nos últimos anos, o uso de veículos tem ficado mais popular na China, e o governo vem investindo mais na construção de estradas.

Segundo Minghai, as autoridades locais tentam aliviar o tamanho da fila permitindo que mais caminhões trafeguem pela capital, especialmente à noite.

O engarrafamento começou no dia 14 de agosto na rodovia que liga Pequim ao Tibete, na parte entre a capital chinesa e a cidade de Zhangjiakou.

Segundo autoridades, não houve relatos de violência até agora e a principal reclamação dos motoristas é o alto preço dos produtos vendidos à beira da estrada.

*Com agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos