PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Moradores do Havaí fogem para áreas mais altas; tsunami pode inundar todas as ilhas da região

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

11/03/2011 09h01

Sirenes foram emitidas em Honolulu, no Havaí (EUA), enquanto milhares de moradores das zonas costeiras estão sendo levados para terrenos mais altos e abrigos. Um alerta para tsunami foi emitido nesta sexta-feira (11) depois que um terremoto de 8,9 pontos na escala Richter atingiu a costa nordeste do Japão. O Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico espera que a onda gigante atinja o Havaí às 2h59 do horário local. 

Em entrevista coletiva, o diretor do centro Chip McCreary afirmou que o tsunami tem potencial para inundar a costa de todas as ilhas havaianas. "A ameaça será mais clara quando a onde atingir as ilhas Wake e Midway", afirmou. 

O alerta provocou uma corrida aos supermercados e os habitantes enfrentam filas para comprar água e suprimentos. Os postos de gasolina também ficaram cheios. No distrito turístico de Waikiki, os turistas foram levados para os andares mais altos dos seus hotéis. 

Cerca de 70% da população do Havaí, que soma 1,4 milhão de habitantes, mora em Honolulu e mais de 100 mil turistas passam pela cidade por dia. "Estamos nos preparando para o pior e estamos rezando pelo melhor", disse John Cummings III, porta-voz do Departamento de Gerenciamento de Emergências de Honolulu.

O terremoto é considerado o mais forte em 140 anos e provocou ondas de até 10 metros que atingiram principalmente a região de Sendai, na costa leste, do Japão.

Autoridades em mais de 20 países e várias ilhas do Pacífico emitiram alertas de tsunami. A lista de países inclui desde países da região, como Austrália, Nova Zelândia e Indonésia até Rússia, EUA e países da América Central e do Sul, como Guatemala, El Salvador, Costa Rica e Chile. A Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho alertaram que algumas ilhas da região podem desaparecer.

No Alasca, uma dúzia de pequenas comunidades das ilhas Aleutiana estava em alerta. "Todo nesta área sabem. Quando você sente, você se move, não fica esperando pela sirene", disse John Madden, diretor da divisão de Segurança Interna e de Gestão de Emergência do Alasca. Na região, a cidade mais afetada é Unalaska, que tem uma população de cerca de 4.000 habitantes.

No território norte-americano de Guam, no oeste do Pacífico, os moradores foram removidos para áreas pelo menos 15 metros acima do nível do mar. As Ilhas Marianas do Norte, outro território dos EUA, também estavam sob o aviso.

Nas Filipinas, as autoridades ordenaram a evacuação das comunidades costeiras do país. Funcionários de gestão de desastres em Albay, província a sudeste de Manila, trabalham para que os residentes se desloquem para áreas a pelo menos cinco metros acima do nível do mar.

Segundo Chris Ryan, meteorologista do Centro Nacional de Meteorologia e Oceanografia, a Austrália não está sob perigo porque será protegida pelas ilha do norte, como Papua Nova Guiné e Ilhas Salomão, que devem absorver grande parte do impacto caso haja um tsunami. O governo australiano, no entanto, monitora a ameaça.

As autoridades da Rússia também evacuaram cerca de 11 mil moradores de áreas costeiras nas ilhas do Pacífico. Funcionários de emergência locais disseram que as ondas atingiram diversas cidades e povoados das ilhas Kurils, mas não causou nenhum dano. As ilhas estão a 10 quilômetros da ilha japonesa de Hokkaido.

Uma onda de três metros atingiu a aldeia russa de Malokurilskoye e alguns outros povoados registraram níveis mais baixos de água, mas não houve relatos imediatos de danos.

De acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA, a lista completa de países e territórios que podem ser atingidos por tsunamis inclui:

  • Japão
  • Rússia
  • Ilhas Marcus
  • Ilhas Marianas do Norte
  • Guam
  • Ilhas Wake
  • Taiwan
  • Yap
  • Filipinas
  • Ilhas Marshall
  • Belau
  • Ilhas Midway
  • Pohnpei
  • Chuuk
  • Kosrae
  • Indonésia
  • Papua Nova Guinea
  • Nauru
  • Ilhas Johnston
  • Ilhas Salomão
  • Kiribati
  • Howland-Baker
  • Havaí
  • Tuvalu
  • Ilhas Palmyra
  • Vanuatu
  • Tokelau
  • Ilhas Jarvis
  • Wallis-Futuna
  • Samoa
  • Samoa Americana
  • Ilhas Cook
  • Niue
  • Austrália
  • Fiji
  • Nova Caledônia
  • Tonga
  • México
  • Ilhas Kermadec
  • Polinésia Francesa
  • Nova Zelândia
  • Pitcairn
  • Guatemala
  • El Salvador
  • Costa Rica
  • Nicarágua
  • Antárctica
  • Panamá
  • Honduras
  • Chile
  • Equador
  • Colômbia
  • Peru

* Com agências internacionais.

Internacional