PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mulher de 70 anos é encontrada viva após passar quatro dias soterrada no Japão

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

15/03/2011 06h21Atualizada em 15/03/2011 07h52

Equipes de socorro resgataram uma mulher de 70 anos sob escombros de sua casa quatro dias após o tsunami que devastou parte da região nordeste do Japão.

A porta-voz do departamento de bombeiros de Osaka, Yuko Kotani, disse que a mulher foi encontrada em sua casa que foi destruída pela passagem do tsunami na província de Iwate, no nordeste do Japão. Kotani disse que a mulher estava consciente, mas sofria de hipotermia e estava sendo tratada em um hospital.  Ela não informou o nome da sobrevivente.

Número de mortos passa de 2.700

O número de mortos no terremoto, seguido por um tsunami, que atingiu o Japão na última sexta-feira (11) subiu para 2.722, informou a polícia local. A maioria das mortes foi registrada na província de Miyagi, onde 1.254 mortes foram confirmadas oficialmente. O número de pessoas oficialmente desaparecidas é de 3.742, mas autoridades estimam que pelo menos 15 mil pessoas ainda estejam desaparecidas.

  • Arte UOL

Na cidade costeira de Onagawa, onde moram cerca de 10 mil pessoas, pelo menos 5.000 estão desabrigadas e foram levadas para 16 abrigos públicos. A prefeitura do município afirmou que não sabe do paradeiro das outras 5.000 pessoas que vivem na cidade.

Em Minamisanriku, onde a maioria dos prédios foi levada pelo tsunami, a prefeitura informou que cerca de 1.000 corpos foram encontrados e aproximadamente 10 mil continuam desaparecidas --mais da metade da população do município, informa a rede de televisão.

A província de Iwate confirmou a morte de 627 pessoas. Já a administração de Fukushima afirmou que morreram 431 moradores.

* Com as agências internacionais

Internacional