Terremoto no Japão

Senadores verificarão se usinas de Angra dos Reis representam riscos para população

Pedro Peduzzi
Da Agência Brasil

Em Brasília

O Senado enviará ao Rio de Janeiro uma comissão para averiguar se a proximidade com usinas nucleares instaladas em Angra dos Reis implica risco para a população local. Formada por dez senadores – cinco titulares e cinco suplentes – a comissão deverá viajar ao ao local já na semana que vem, segundo o autor do requerimento, Lindbergh Farias (PT-RJ).

“Pode até ser coincidência, mas eu liguei para várias pessoas de lá [Angra dos Reis] e todas disseram que nunca participaram de nenhum exercício [sobre procedimentos em caso de vazamento de radiação]. Falta um plano adequado e bem elaborado de treinamento. Isso é feito apenas uma vez por ano, e apenas com a participação de pessoas voluntárias”, disse Farias. “A gente precisa ir lá. Precisa ver e conversar com as pessoas”, acrescentou.

A cidade fluminense está localizada a 20 quilômetros das usinas Angra 1 e 2. “Estamos preparados? As pessoas sabem o que fazer [no caso de algum acidente nas usinas]? Sei que o risco é baixíssimo, mas o dano é altíssimo. Por isso vamos a Angra, a fim de obter informações com as autoridades e com o prefeito. Se ficar claro quer não há segurança, vamos propor a suspensão das atividades das usinas”, afirmou o parlamentar.

Segundo o senador, as conclusões da comissão serão apresentadas ao governo de forma a contribuir para que procedimentos adequados em relação à segurança sejam tomados. Apesar de ainda não haver data prevista para a visita às instalações das usinas, Lindbergh acredita que ela ocorrerá na próxima semana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos