Terremoto no Japão

Nível de plutônio encontrado na usina de Fukushima não faz mal à saúde, diz empresa

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

O plutônio encontrado no chão, em cinco áreas da central nuclear de Fukushima, não oferece risco à saúde por causa da baixa quantidade detectada, segundo a Tokyo Electric Power Co (Tepco), empresa que administra a usina. 

A Tepco acredita que o plutônio veio do combustível de um dos reatores avariados após o terremoto seguido pelo maremoto de 11 de março.

Nesta segunda-feira, água com alto índice radioativo foi detectada, pela primeira vez, nos túneis que passam sob os edifícios dos reatores 1, 2 e 3. Até agora, piscinas de água com alto teor de radiação haviam sido encontradas somente dentro dos edifícios dos reatores.

O vazamento em um túnel ligado ao reator número 2 da usina elevou os temores de uma possível contaminação ambiental provocada por líquidos radioativos que estariam escapando do local. 

Em meio à gravidade da situação em Fukushima, a Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) convocou uma conferência internacional sobre segurança nuclear, que será realizada em junho deste ano, em Viena.

O diretor-geral da Aiea, Yukiya Amano, disse que a reunião terá um caráter político, já que este tema é tão grave que não pode ser tratado "só por especialistas e técnicos".

Por outro lado, Amano declarou que a situação na usina nuclear de Fukushima Daiichi continua sendo "muito grave", e que a crise "ainda não foi superada".

"Estamos muito longe de poder relaxar", afirmou o diretor-geral da Aiea, sem entrar em detalhes técnicos sobre o estado atual da situação na usina. Segundo ele, o principal objetivo agora deve ser "superar a crise" e realizar um planejamento.

Nesse sentido, anunciou o encontro internacional sobre segurança nuclear, cuja data exata ainda não foi fixada e para o qual serão convidados especialistas e políticos dos 151 países-membros da agência atômica das Nações Unidas.

Nível de radiação a que estamos expostos e seus efeitos

  • Fonte: The Guardian e Radiologyinfo.org

*Com agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos