Terremoto no Japão

Corpos de funcionários são encontrados na usina de Fukushima

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Foram encontrados em uma das unidades da usina nuclear de Fukushima, no Japão, dois corpos de funcionários da Tepco, a empresa de energia que administra a usina. Os trabalhadores, de 21 e 24 anos, estavam desaparecidos desde o tsunami que atingiu o país no dia 11 de março.

Os dois trabalhavam na manutenção do edifício de turbinas do reator 4 da usina e seus corpos foram encontrados na última quarta-feira, quando a água contaminada por radiação foi drenada do fosso dessa parte da usina.

O presidente da Tepco, Tsunehisa Katsumata, lamentou a morte dos jovens “que trabalhavam pela segurança da central”.

Vazamento

No sábado, funcionários da Tepco confirmaram que vazou ao mar água com elevado nível de radioatividade procedente do reator 2 da central. O líquido vaza por meio de uma rachadura de cerca de 20 centímetros no muro de uma fossa próxima ao reator.

As operações para conter o vazamento se somam aos esforços para drenar a água altamente radioativa em várias áreas das unidades 1, 2 e 3, o que dificulta as tarefas para restaurar o resfriamento dos reatores.

Mortes na tragédia

O número de mortos por causa do terremoto e do tsunami aumentou neste domingo para 12.009 e há ainda 15.472 desaparecidos, segundo o último cálculo da Polícia japonesa.

Cerca de 170 mil pessoas estão em 2.200 refúgios, a maioria provenientes de localidades litorâneas de Iwate, Miyagi e Fukushima, as três províncias mais danificadas pelo desastre.

Na sexta-feira as autoridades japonesas e dos Estados Unidos lançaram uma grande operação conjunta de três dias para procurar os desaparecidos nas áreas mais devastadas e até a noite de sábado recuperaram apenas 66 corpos.

Nível de radiação a que estamos expostos e seus efeitos

  • Fonte: The Guardian e Radiologyinfo.org

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos