PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Atentado suicida deixa mais de 10 mortos em cidade turística do Marrocos

Do UOL Notícias

Em São Paulo

28/04/2011 10h02Atualizada em 28/04/2011 15h46

Um atentado suicida deixou pelo menos 15 mortos e 20 feridos em Marrakech, no sul do Marrocos, nesta quinta-feira (28), segundo informações da televisão estatal marroquina.

 

A explosão aconteceu no Café Argana, na famosa praça Jamaa el-Fna, em Marrakech, um dos principais pontos turísticos da cidade. Entre os mortos estão 10 estrangeiros, dos quais seis seriam franceses.

"Um indivíduo entrou no café. Pediu um suco de laranja e poucos minutos depois explodiu", declarou esta testemunha presente no local.

O telhado sobre o segundo andar do café foi arrancada pela força da explosão, e pedaços do emboço e fios elétricos ficaram espalhados.

Inicialmente, fontes oficiais disseram que a explosão poderia ter sido causada por um botijão de gás que pegou fogo no interior do café. Mais tarde, o ministro das Comunicações, Jalid Naciri, confirmou que se tratava de um "ato terrorista".

Entre as vítimas também estão clientes e empregados do café, disse uma testemunha à Reuters.

A cidade velha de Marrakesh é tombada como patrimônio cultural da ONU. O local fica sempre cheio de contadores de histórias e encantadores de cobras entretendo turistas.

"Não existe um alvo mais emblemático que a praça Jamma el-Fnaa", disse um francês dono de restaurante na cidade. "Com esse ataque e em meio a preocupações de instabilidade na região, o turismo vai sofrer por algum tempo", acrescentou o empresário, que pediu anonimato.

*Com agências internacionais

Internacional