PUBLICIDADE
Topo

Filho de Gaddafi pede que população ataque "os ratos" e diz que ditador está bem

Do UOL Notícias

Em São Paulo

31/08/2011 16h41Atualizada em 31/08/2011 16h50

Em declaração transmitida via satélite por uma emissora síria, a Al Rai TV, um dos filhos de Muammar Gaddafi, Seif al-Islam pediu que a população da Líbia, em especial de Sirte, cidade natal do ditador líbio e último foco de resistência do regime, ataque "os ratos em cada esquina", em referência aos rebeldes.

"Falo a vocês do subúrbio de Trípoli. A resistência continua e a vitória está próxima", disse Seif al-Islam, perseguido pela rebelião, assim como sua família.

"Os ratos estão assustados, temendo por suas vidas", disse ele no pronunciamento, no qual afirmou que o ditador está bem, sem dar pistas do paradeiro do pai. "O líder está bem. Estamos tomando chá e café com nossas famílias", declarou.

Ainda segundo Saif Gaddafi, a ameaça dos rebeldes a Sirte, cuja ofensiva vem sendo preparada pelos rebeldes há dias, é não passa de "propaganda".

"É uma propaganda. As notícias dos avanços e das ameaças são propaganda. Vocês foram tolos, tolos. Deixaram que eles tomassem o controle de Trípoli. Vocês vão se arrepender disso", afirmou. Ainda segundo ele, cerca de 20 mil jovens armados estão prontos para lutar em Sirte contra os rebeldes.

Muammar Gaddafi e os filhos Saif e Saadi continuam com o paradeiro desconhecido. Nesta quarta-feira, Saadi desmentiu que estava negociando sua rendição com o Conselhon Nacional de Transição (CNT), como foi divulgado por um membro da oposição ontem.

Outra parte da família do ditador - a mulhar, Safia, e três filhos, Hannibal, Mohammed e Aisha, que deu à luz a uma menina ontem - está abrigada na Argélia.

Internacional