Topo

No Reino Unido, cachorro passa 16 dias em buraco, sem água e sem comida, e sobrevive

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

09/09/2011 12h20

Um cachorro sobreviveu 16 dias em um buraco fechado por arbustos espinhosos, sem água e sem comida, em Penistone, no Reino Unido. O Jack Russell seguiu seu instinto de caça e correu atrás de um coelho durante passeio em uma trilha. Não voltou mais. Foi salvo duas semanas depois por uma amiga de suas donas e se recupera bem, mas pode perder um olho por causa da desidratação severa que sofreu durante os dias em que ficou preso no buraco.

Suas donas Erika e Carl Toutenhoofd o procuraram em vão e, duas semanas depois, já tinham perdido as esperanças de voltar a ver o cachorro. Foi então que a amiga Louise Bedford, que já tinha ajudado nas buscas pelo cão, escutou um choro baixo sob um arbusto espinhoso perto de onde o cachorro havia sido visto pela última vez. Ela conseguiu tirá-lo do buraco, usando seu agasalho para protegê-lo dos espinhos.

A mãe das meninas disse ter chorado ao rever o animal de estimação perdido: “Eu achei que nunca mais fosse vê-lo de novo. Quando eu desci as escadas e ela (Louise) estava com Jack enrolado em seu agasalho, comecei a chorar”.

Ela contou que, às vezes, o cão tinha a mania de correr atrás de coelhos, mas sempre voltava, meia hora ou uma hora depois. “O máximo que ele ficou longe foram dois dias e depois voltou para casa”. “Não acreditei que ele estivesse vivo depois de 16 dias. Não acreditei que um cachorro pudesse sobreviver embaixo da terra por tanto tempo sem comida e sem água”.

As donas, que têm outros dois cachorros, incluindo um cocker spaniel que atende por Valentino,  acreditam que a chuva nos dias em que Jack ficou desaparecido talvez tenha ajudado a mantê-lo vivo. O cachorro ainda passeia no mesmo lugar em que se perdeu, mas agora, sempre preso pela coleira.

*Com informações do Daily Mail

Internacional