PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Papa se reúne hoje com Raúl Castro, mas não há previsão de encontro com Fidel

Renata Giraldi

Da Agência Brasil, em Brasília

27/03/2012 09h55

No segundo dia de visitas a Cuba, o papa Bento 16 conversa hoje (27) com o presidente cubano, Raúl Castro, em Havana, capital do país. Não há confirmação de reunião com o ex-presidente Fidel Castro,  principal liderança política da região. No seu discurso de boas-vindas ontem (26), o papa disse estar convencido de que Cuba avançará com as reformas econômicas e sociais iniciadas há dois anos no país.

O papa chegou a Cuba depois de visitar o México. "Estou convencido de que Cuba está olhando o amanhã para renovar e alargar seus horizontes", tarefa para a qual contribuirão os valores que caracterizam o povo cubano", disse.

No seu primeiro dia de visita, em Santiago de Cuba, a segunda maior cidade do país, o papa foi saudado por uma multidão de fiéis. Bandeiras e cartazes de boas-vindas foram vistos desde a manhã de ontem em diversas cidades cubanas.

A agenda de Bento 16, que passará três dias em Cuba, inclui a celebração de missa hoje na Praça da Revolução Antonio Maceo, uma eucaristia privada na Capela da Casa de Retiro e Convivências e uma visita como peregrino ao Santuário de Nossa Senhora da Caridade.

O ato central da visita do papa será a missa a céu aberto na Praça da Revolução, para a qual se espera grande público, incluindo quase 400 cubanos exilados em Miami, nos Estados Unidos. (Com Prensa Latina e Telam)

Internacional