PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Brasileira que morreu no Peru estava no 4º ano de medicina e era boa aluna, diz faculdade

Foto de arquivo pessoal mostra a estudante de medicina Paula Sibov, 24, que morreu na manhã do último domingo (22) ao cair de um penhasco durante uma excursão no vale do Colca, próximo a Arequipa, no Peru - Reprodução/Futura Press
Foto de arquivo pessoal mostra a estudante de medicina Paula Sibov, 24, que morreu na manhã do último domingo (22) ao cair de um penhasco durante uma excursão no vale do Colca, próximo a Arequipa, no Peru Imagem: Reprodução/Futura Press

Do UOL, em São Paulo

24/07/2012 11h56

A estudante brasileira Paula Sibov, 24, que morreu após cair de um abismo no vale de Colca, região da Cordilheira dos Andes, no sul do Peru, tinha bom desempenho acadêmico e se formaria no curso de Medicina em 2014, segundo a PUC-Campinas (Pontifícia Universidade Católica de Campinas).

"A universidade lamenta o ocorrido e se solidariza com os familiares. Professores e funcionários do Centro de Ciências da Vida (CCV) sentem-se consternados pela fatalidade", comunicou a instituição.

Paula fazia uma trilha montada em uma mula. E no momento do acidente, ela estava numa estrada de pedras com largura para três pessoas. Os guias informaram que o animal escorregou e caiu na ribanceira.

De acordo com informações da imprensa peruana, a turista montava uma mula quando caiu em um abismo de aproximadamente 200 metros de altura. A queda ocorreu na região de Sangay, conhecida também como “El Oásis”, que pertence ao município de Cabanaconde.

A estudante foi resgatada por homens da Polícia Nacional e trabalhadores do município, na madrugada de hoje (23). O corpo da jovem foi levado para o município de Chivay e será transportado ao Brasil assim que houver autorização.

Internacional