PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Nos EUA, mãe se desespera ao ser impedida de ver corpo da filha morta pelo pai

Do UOL, em São Paulo

30/07/2012 22h49

O homem recém-separado da mulher teria atirado nos dois filhos, matando sua filha de sete anos, antes de cometer suicídio, segundo investigadores de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Um parente telefonou para a polícia na noite do último sábado (28) depois de encontrar os corpos de Daryl Benway, 41, e de sua filha, Abigail, no quarto principal da casa da família em Oxford, Massachusetts.

Owen, filho de nove anos de Benway, foi encontrado na cozinha, ferido com um tiro na cabeça, e levado para o hospital em estado grave.

A mulher de Benway, Kelleen, foi ao local no domingo, sem saber o que tinha acontecido e acabou encontrando vários carros de polícia e equipes de TV.

Segundo o jornal local Telegram & Gazette, ela chegou a ser detida como responsável pelas mortes, por uma confusão dos policiais, mas foi liberada em seguida e levada ao hospital onde seu filho havia sido internado.

Vizinhos disseram que o irmão de Daryl mora no primeiro andar da casa com a mulher e a sogra e ele teria telefonado para o número de emergência. A polícia não especula sobre a motivação para o crime, mas não está em busca de suspeitos. O homem não tem passagem pela polícia; ele era dono de uma arma cuja licença expirou em 1.999.

(Com CBS e AP)

Internacional