Topo

Inventor bilionário apresenta projeto de transporte ultrarrápido em tubos

Do UOL, em São Paulo

2013-08-13T10:24:27

13/08/2013 10h24

Não é trem-bala, nem avião. Imagine entrar em uma cápsula de transporte ultrarrápido e, em menos de 30 minutos, percorrer uma distância de cerca de 500 quilômetros.

O feito seria possível se o projeto batizado de “Hyperloop”, idealizado pelo bilionário sul-africano Elon Musk, saísse do papel.  Em um documento publicado na internet na segunda-feira (12), Musk descreve a tecnologia movida a energia solar, cuja base seria um grande tubo de aço onde as cápsulas flutuariam, transportando passageiros a uma velocidade de até 1.200 km/h --a barreira do som está em 1.234 km/h.

Os tubos estariam elevados, instalados sobre pilares, e seu interior estaria a muito baixa pressão, o que permitiria que as cápsulas --ou vagões, se preferirem-- se movimentassem suspensos no ar --cada uma das 40 cápsulas teria capacidade para 28 passageiros.

O desenho do sistema --concebido incialmente para transportar pessoas de Los Angeles a San Francisco, nos Estados Unidos, em até 30 minutos-- foi publicado no blog da Tesla Motors, fabricante de carros elétricos da qual Musk é fundador.

O milionário, no entanto, não pretende trabalhar na ideia por enquanto: o projeto está disponível na internet para quem possa se interessar, acompanhado de um documento de 57 páginas. “Alguém, por favor, construa. Isso seria incrível. Estou muito focado em outros projetos e não tenho nenhum plano para executá-lo”, escreveu Musk.

A ideia poderia ser totalmente ignorada se ela não tivesse saído da cabeça de Musk, um empresário com histórico de sucesso. Além de dirigir a Tesla, Musk é cofundador do serviço de pagamento online PayPal e presidente-executivo da empresa SpaceX, companhia que produz foguetes para a exploração espacial.

Custos

Musk também fez uma estimativa dos custos da fabricação do “Hyperloop”. Segundo esse estudo, US$ 6 bilhões seriam suficientes para construir duas linhas do tubo (uma de ida e outra de volta) entre Los Angeles e San Francisco.

O número contrasta com os US$ 70 bilhões estimados para estender uma linha de trem de alta velocidade que una as principais cidades da Califórnia, um projeto que deve sair do papel em 2029, de acordo com a agência de notícias EFE. Além disso, o custo por passagem no “Hyperloop” seria de US$ 20, um preço muito abaixo de qualquer serviço de transporte público de longa distância nos EUA.

"O Hyperloop é a solução para o caso específico de duas cidades entre as quais há muito tráfego e que se encontram a menos de 1.500 quilômetros uma da outra”, disse Musk. "A viagem seria muito suave", completou. O empresário disse ainda que considera que, para maiores distâncias, a viagem de avião é a "mais rápida e barata".

Mais Internacional