Topo

Barco de imigrantes naufraga na costa da Itália; imprensa local fala em 50 mortos

Imagem disponibilizada pelas Forças Armadas de Malta mostra um bote salva-vidas levando sobreviventes de um novo naufrágio na costa italiana nesta sexta-feira (11) - AP/Forças Armadas de Malta
Imagem disponibilizada pelas Forças Armadas de Malta mostra um bote salva-vidas levando sobreviventes de um novo naufrágio na costa italiana nesta sexta-feira (11) Imagem: AP/Forças Armadas de Malta

Do UOL, em São Paulo

11/10/2013 13h51Atualizada em 11/10/2013 16h53

Um barco que transportava cerca de 250 imigrantes ilegais para a Europa naufragou nesta sexta-feira (11) na costa da Itália, entre a Sicília e a Tunísia --próximo à ilha italiana de Lampedusa--, segundo fontes da Marinha italiana.

De acordo com o jornal italiano Corriere Della Sera, uma contagem inical da Guarda Litorânea da Itália apontou 50 mortos, entre eles dez crianças. Segundo a agência de notícias Ansa, 33 corpos já foram retirados do mar.

Outros 200 passageiros teriam sido resgatadas --os feridos em estado mais grave estavam sendo levados de helicóptero para Lampedusa.

O acidente acontece oito dias após outro naufrágio perto da ilha de Lampedusa, que matou ao menos 339 imigrantes ilegais da Eritréia e da Somália.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados estima que 32 mil imigrantes, a maioria da África Subsaariana e de países árabes, tenham chegado neste ano ao sul da Itália e a Malta. Lampedusa, que fica no meio caminho entre a Tunísia e a Sicília, é o local que mais recebe esses imigrantes.(Com Reuters e Efe)

Mais Internacional