Topo

Rota do MH370 pode ter sido alterada em seu computador de bordo, diz "NYT"

2014-03-18T04:31:51

18/03/2014 04h31

A rota do avião da Malaysia Airlines, desaparecido desde o dia 8 de março, pode ter sido alterada através de seu sistema computadorizado e não manualmente, como se acreditava até esta terça-feira (18), informaram fontes oficiais americanas ao jornal "The New York Times" (NYT).

O sistema de controle computadorizado do voo conduz o avião de um ponto a outro de acordo com os dados introduzidos antes da decolagem, mas nesse caso não está claro ainda se a rota foi reprogramada antes ou depois da saída da aeronave, explicaram as mesmas fontes.

Avião da Malaysia Airlines desaparece durante voo; entenda

O fato de que a rota possa ter sido modificada através do computador de bordo reforça a hipótese de que o desaparecimento do avião condiz com uma ação deliberada e põe o foco sobre o comandante e seu copiloto, na opinião dos investigadores consultados pelo jornal americano.

  • 23242
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2014/03/11/o-que-voce-acha-que-aconteceu-com-o-aviao-desaparecido-na-malasia.js

Além disso, os especialistas consideram muito improvável que um dos passageiros fosse capaz de mudar a rota através do sistema computadorizado, já que é uma operação de grande complexidade, por isso seria mais plausível que tivesse sido o piloto ou algum dos membros da tripulação.

O voo MH370 saiu de Kuala Lumpur no dia 8 de março (sábado) às 0h41 locais (13h41 de Brasília da sexta-feira) e tinha previsão de chegada em Pequim cerca de seis horas mais tarde.

O Boeing 777-200 levava combustível suficiente para 7,5 horas de voo e transportava a 227 passageiros e uma tripulação de 12 pessoas.

Mais Internacional