PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Acusado quer remover tatuagem de "assassinato" antes de julgamento

Acusado de assassinato, norte-americano pediu para remover tatuagem da palavra "murder" (assassino) de seu pescoço para não prejudicar seu julgamento - The Great Bend Tribune/ AP
Acusado de assassinato, norte-americano pediu para remover tatuagem da palavra "murder" (assassino) de seu pescoço para não prejudicar seu julgamento Imagem: The Great Bend Tribune/ AP

Do UOL, em São Paulo

22/04/2014 20h14

Um norte-americano acusado de homicídio quer remover a palavra “murder” (assassinato) tatuada em seu pescoço antes de ir a julgamento na próxima segunda-feira (28), no Estado do Kansas.

Jeffrey Chapman teme que a tatuagem possa prejudica-lo perante o júri e, por isso, pediu à Justiça autorização para visitar um tatuador profissional que possa remover ou encobrir a palavra.

Para o advogado do réu, a tatuagem seria extremamente prejudicial a Chapman, acusado pelo assassinato de Damon Galliart em 2011.

Os promotores afirmaram que não se opõem à mudança, mas o xerife de Barton County é contra o transporte de Chapman até uma instalação licenciada.

Internacional