PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Maioria dos passageiros de avião abatido é holandesa, australiana e malasiana

Do UOL, em São Paulo

17/07/2014 14h58Atualizada em 17/07/2014 21h26

De acordo com o vice-presidente da Malaysia Airlines, Huib Gorter, o voo MH17, que caiu na fronteira entre a Rússia e a Ucrânia nesta quinta-feira (17), tinha 154 holandeses, 45 malasianos (sendo 15 da tripulação mais duas crianças), 27 australianos, 12 indonésios (sendo uma criança), nove britânicos, quatro alemães, quatro belgas, três filipinos e um canadense. Outros 41 passageiros ainda não tiveram a nacionalidade divulgada. Segundo o governo da Ucrânia, todos a bordo morreram.

A aeronave ia de Amsterdã (Holanda) para Kuala Lumpur (Malásia) com 298 pessoas. O avião levava 283 passageiros, dos quais três eram crianças. A lista oficial dos passageiros ainda não foi divulgada.

Trajeto do voo MH17 - Arte/UOL - Arte/UOL
Voo ia de Amsterdã (Holanda) para Kuala Lumpur (Malásia)
Imagem: Arte/UOL

A agência russa Live News divulgou uma lista com os nomes de quatro supostos passageiros do voo: Sophie Charlotte Van Der Meer, Tomas Van Keulen Allar, Jijar Singh Sanjid Singh e Jennifer Van der Leij.

O Ministério do Interior ucraniano atribuiu a queda da aeronave, um Boeing 777, a "um míssil disparado do solo". O primeiro-ministro do país, Arseni Yatseniuk, ordenou uma imediata investigação do que chamou de "catástrofe". (Com agências internacionais)

Internacional