PUBLICIDADE
Topo

Homens armados matam 37 em hotéis na Tunísia

Do UOL, em São Paulo

26/06/2015 09h07

Ao menos 37 pessoas foram mortas e 36 ficaram feridas nesta sexta-feira (26) quando homens armados invadiram em dois hotéis em Susa, às margens do mar Mediterrâneo, na Tunísia, informou o Ministério do Interior. 

Segundo rádios locais, a ação terrorista aconteceu nos hotéis Imperial Marhaba e Muradi Palm Marinay, frequentados por turistas estrangeiros. Entre as vítimas estão alemães, britânicos e belgas, segundo o Ministério da Saúde. 

Segundo fontes, os homens chegaram pela praia, levando fuzis AK-47, e dispararam contra turistas. Um dos atiradores foi morto pela polícia.

Houve informações de que o Estado Islâmico havia assumido o ataque, o que não se confirmou.

Na última terça-feira, o grupo terrorista Estado Islâmico havia pedido aos muçulmanos para que realizassem ataques durante o mês de jejum do Ramadã, que começou na semana passada, em uma gravação de áudio de seu porta-voz, Abu Mohammed al Adnani.

Um turista britânico que estava em um dos hotéis disse à Sky News que as pessoas pensaram que eram fogos de artifício quando os tiros começaram.

"Houve uma correria para a praia", afirmou. 

A Tunísia está em alerta desde março, quando atiradores militantes islâmicos atacaram o Museu Bardo, em Túnis, matando um grupo de turistas estrangeiros em um dos piores ataques em um década no país. (Com agências internacionais)

Internacional