Sonar que busca por MH370 afunda após bater em vulcão submarino

Do UOL, em São Paulo

Um sonar que busca vestígios do avião da Malaysia Airlines desaparecido há quase dois anos afundou após colidir com um vulcão submarino no último domingo (24).

A agência que conduz as buscas afirmou nesta segunda (25) que, ao colidir com o vulcão de 2.200 metros, o cabo que prendia o sonar ao navio Fugro Discovery se rompeu, fazendo com que ele se perdesse no oceano Índico.

"Ontem [domingo], enquanto conduzia atividades de buscas no sul do oceano Índico, Fugro Discovery perdeu o sonar usado para buscar no solo do oceano", afirmou a nota do Joint Agency Coordination Centre.
 
"O sonar colidiu com um vulcão de lama de 2.200 metros, o que resultou no rompimento do cabo. O sonar e 4.500 metros de cabo se separaram do navio e agora estão no fundo do mar."

O voo MH370 desapareceu dos radares em março de 2014. Autoridades acreditam que ele tenha caído no Índico, matando todos os 239 ocupantes.

A busca pela aeronave já dura 18 meses.

No sábado, uma peça de avião foi encontrada no sul da Tailândia, levantando suspeita de que possa se tratar do MH370. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos