App semelhante ao Waze ajuda iranianas a driblar a polícia da moralidade

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Gershad

Uma equipe anônima desenvolvedora de aplicativos para celulares criou uma ferramenta para os iranianos semelhante ao Waze, usado para identificar radares e acidentes no trânsito das cidades, para sinalizar locais em que a polícia da moralidade está posicionada. O "Gershad" funcionou normalmente durante a última segunda-feira (8), mas foi bloqueado pelas autoridades do Irã na terça (9).

A proposta é marcar no mapa a posição da blitz da polícia da moralidade, geralmente feita com uma van, um grupo de homens barbados e uma ou duas mulheres vestindo um chador preto, a vestimenta tradicional iraniana. A polícia da moralidade é instalada em determinados pontos das cidades iranianas sem qualquer alerta. Seus oficiais emitem advertências, multas e até processam quem violar o código de conduta religioso --e a maioria das vítimas é mulher.

O alerta no mapa permite que as pessoas busquem caminhos alternativos para não enfrentar a polícia da moralidade. Uma unha pintada, o cabelo para fora do lenço e até o comprimento inadequado da túnica rendem punições.

Organizações de direitos humanos acreditam que, por causa da alta demanda de downloads do app, o governo iraniano bloqueou o acesso. O "Gershad" é baixado gratuitamente na Play Store, disponível no sistema Android.

No site do app, seus criadores, que não são identificados, dizem: "Por que temos que ser humilhados pelo nosso direito mais óbvio, que é o de vestir o que quisermos? As redes sociais e os sites estão repletos de vídeos e fotos de mulheres inocentes que foram espancadas e arrastadas pelo chão por agentes de patrulha Ershad", como é conhecida a polícia da moralidade.

Focada principalmente na fiscalização das mulheres, a polícia da moralidade é a grande inimiga dos liberais e das apaixonadas pela moda desde que o governo revolucionário do Irã passou a fiscalizar as vestimentas, em 1981. A cada ano, milhares de mulheres são paradas na rua e é exigido que elas se cubram mais, usem roupas mais longas ou mais largas, sem delinear o corpo. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos