4 são presos em Paris sob suspeita de planejar atentado terrorista

  • Yves Herman/Reuters

    Operação na Bélgica tem relação com atentados de novembro na França

    Operação na Bélgica tem relação com atentados de novembro na França

Quatro pessoas -- três homens e uma mulher -- foram detidas nesta quarta-feira (16) em Paris, na França, sob suspeita de planejarem um atentado terrorista, afirmam meios locais.

As prisões ocorreram no 18º distrito de Paris e no subúrbio de Seine-Saint-Denis, segundo os canais de TV TF1 and BFMTV. 

De acordo com as emissoras, os suspeitos se chamam Aytac, Ercan B e Youssef E., além da mulher de Youssef, cujo nome não foi informado. 

De acordo com o jornal "Le Figaro", Youssef foi condenado à prisão por cinco anos e, desde outubro do ano passado, estava em regime domiciliar. 

Foram encontrados com o grupo uma série de cartuchos de balas para fuzil kalashnikovs (AK-47), uma pistola de alarme, computadores, cartões de memória e um cofre.

As prisões coincidem com o segundo dia de uma ação antiterrorista na Bélgica em que um suspeito foi morto e quatro policiais, feridos. Dois suspeitos estão sendo procurados pela polícia belga.

Não se sabe se há ligação entre os eventos nos dois países.

Estado Islâmico

As autoridades encontraram uma bandeira do Estado Islâmico (EI) no apartamento onde agentes mataram um homem durante a operação em Bruxelas.

Junto ao corpo foi descoberto um livro sobre salafismo e um fuzil, com 11 carregadores cheios. Não foram encontrados explosivos no apartamento.

O suspeito que morreu durante a operação antiterrorista  era um argelino que se encontrava de maneira irregular na Bélgica e que tinha cometido um pequeno delito em 2014.

A procuradoria belga o identificou como Belkaid Mohammed, nascido em 9 de julho de 1980, e afirmou que foi abatido enquanto disparava com um fuzil por uma janela contra as forças de segurança que participavam da operação. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos