PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Turquia diz ter detido e deportado para Bélgica um dos autores de atentados

Foto divulgada pelo jornal turco "Haberturk" mostra Ibrahim El Bakraoui ao ser fichado pela polícia turca em Gaziantep, na Turquia - "Haberturk"/AP
Foto divulgada pelo jornal turco "Haberturk" mostra Ibrahim El Bakraoui ao ser fichado pela polícia turca em Gaziantep, na Turquia Imagem: "Haberturk"/AP

Do UOL, em São Paulo

23/03/2016 14h42

Um dos homens-bomba que participaram nos atentados terroristas na Bélgica foi preso em junho de 2015 no sul da Turquia, deportado no mês seguinte e depois colocado em liberdade pelas autoridades belgas, afirmou nesta quarta-feira (23) o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

"Um daqueles que participaram no ataque a Bruxelas foi preso em junho de 2015 em Gaziantep [na fronteira com a Síria]. Ele foi expulso em 14 de julho de 2015", declarou Erdogan à imprensa.

Segundo o mandatário, Ancara havia alertado Bruxelas sobre a captura de um "combatente estrangeiro", que provavelmente se juntaria ao Estado Islâmico na Síria.

Mas a Bélgica o soltou por não ter encontrado evidências de que ele teria ligações terroristas, disse Erdogan.

Mais tarde, a Presidência turca identificou Ibrahim El Bakraoui, que se explodiu no aeroporto Zaventem, como a pessoa deportada pela Turquia, disse a BBC

Khalid, irmão de Ibrahim, se explodiu na estação Maalbeek de metrô.

Durante buscas após os atentados, policiais encontraram um laptop e uma carta suicida de Ibrahim. Na carta, ele reclamava da vida de perseguição e falava do risco de ir parar numa prisão. (Com agências internacionais)

Internacional