Trump e Hillary confirmam favoritismo nas primárias da Costa Leste

Do UOL, em São Paulo

  • AFP - 4.abr.2016 e 16.fev.2016

O pré-candidato republicano Donald Trump levou todas as primárias realizadas na Costa Leste dos EUA nesta terça-feira (26). O magnata confirmou vitória em Connecticut, Maryland, Rhode Island, Delaware e Pensilvânia, Estado importante na corrida pela Casa Branca. Do lado democrata, a pré-candidata Hillary Clinton venceu Bernie Sanders em Maryland, Delaware e Pensilvânia. Sanders foi o vencedor em Rhode Island.

Com a vitória nos cinco Estados, Trump consegue um importante impulso para chegar aos 1.237 delegados necessários para declarar a vitória absoluta na convenção republicana em Cleveland.

Em seu discurso de vitória, a ex-secretária de Estado reforçou seu apelo para encerrar a disputa democrata pela nomeação. "Vamos voltar da Filadélfia com a maior quantidade de votos e de delegados. Vamos reunificar nosso partido para ganhar esta eleição". "Nossa campanha quer restaurar a confiança das pessoas em nossa habilidade de resolver os problemas juntos", afirmou. Ela ainda saudou os eleitores de Sanders e seus apoiadores. "Ao apoiar o senador Sanders ou a mim, você nos une e não nos divide", ressaltou.

Hillary aproveitou ainda para alfinetar Donald Trump: "Imagine um amanhã em que em vez de construir muros, a gente derrube barreiras", disse em discurso. "Imagine um futuro em que o amor triunfe sobre o ódio", afirmou a ex-primeira-dama ao fazer um trocadilho com a palavra "trump", que significa trunfo, e o sobrenome de Trump.

A seis semanas do fim das primárias presidenciais americanas, Trump precisa mostrar que a incomum aliança de seus rivais, Ted Cruz e John Kasich, contra ele não surtiu o efeito esperado: impedir que ele alcance o número de delegados para assegurar a nomeação republicana.

Matematicamente será impossível para Hillary e Trump ultrapassar nesta terça-feira a maioria necessária de delegados para obter a indicação de seus partidos, mas o grande número de delegados em jogo deve aproximá-los de sua meta.

Para seus dois rivais de Trump, a única estratégia é deter a qualquer custo o magnata imobiliário antes que ele consiga o número de delegados, com o objetivo de provocar um cenário que não é visto desde 1976: uma convenção aberta, na qual os delegados deverão votar o número de vezes que for necessário até alcançar uma maioria absoluta.

Cruz e Kasich anunciaram no domingo um pacto de não-agressão que essencialmente permite que combatam um a um o magnata em três Estados que ainda realizarão primárias. Segundo o surpreendente acordo, Kasich não fará campanha em Indiana, que vota em 3 de maio, e Cruz devolverá o favor depois em Novo México e Oregon para tentar tirar as vitórias de Trump nestes Estados.

Vitória de Trump na Pensilvânia

O Estado da Pensilvânia tem o tipo de regulamento complexo que Trump vem criticando repetidamente por vê-lo como uma "armação", o que o obrigou a reformular sua equipe neste mês para competir melhor com seu principal rival, Ted Cruz, pelos 1.237 delegados necessários para ser o indicado republicano.

"É quase tão desonesto quanto Hillary Clinton", disse Trump na segunda-feira em um evento de campanha no distrito de West Chester, na Pensilvânia, repudiando tanto as regras das primárias de sua legenda quanto a pré-candidata democrata favorita nas pesquisas.

Só 17 dos 71 delegados republicanos em disputa na Pensilvânia nesta terça-feira são concedidos ao vencedor da eleição estadual. O resto –pessoas que são eleitas diretamente pelos eleitores– são agentes livres, que podem apoiar qualquer um que quiserem na Convenção Nacional Republicana em julho.

Delegados são quem elege presidente dos EUA; entenda

  •  

Eleições presidenciais americanas: entenda primárias e votação

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos