Fechar embaixadas é um "absurdo extraordinário", diz Marco Aurélio Garcia

Do UOL, em São Paulo

Marco Aurélio Garcia, 74, vai direto ao ponto: "Fechar embaixadas na África e no Caribe, segundo eu escutei como uma opinião do governo interino e do chanceler interino, me parece um absurdo extraordinário." 

O atual ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB-SP), assumiu a pasta em 18 de maio e encomendou um estudo ao Itamaraty para avaliar custo e utilidade dos postos diplomáticos abertos no governo Lula (2003-2010) e Dilma Rousseff para, eventualmente, pedir seu fechamento.

O alvo são embaixadas e consulados abertos na África e no Caribe nos últimos anos, e a medida é vista com resistência até dentro do ministério.

Ex-assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, Garcia faz críticas à iniciativa e a outros aspectos da política externa do governo do presidente interino, Michel Temer, em um vídeo publicado no perfil no Facebook da presidente afastada, Dilma Rousseff.

"São embaixadas pequenas, de custo reduzido, às vezes com um ou dois funcionários, eu até defenderia que nós devemos ampliar", ele diz. "Somente no governo Lula houve um crescimento de cinco vezes do nosso comércio exterior com a África, para não falar dos investimentos, que também cresceram de uma maneira excepcional."

Nesta segunda-feira (30), em sua primeira viagem fora das Américas como ministro e em visita a Cabo Verde, Serra negou confirmação de que serão fechadas embaixadas na África.

"Isso não tem nada a ver. É uma onda sem pé nem cabeça. Eu apenas mandei fazer uma análise da utilidade e dos custos de cada embaixada. É uma providência elementar", afirmou.

O ex-assessor especial Garcia condena a hipótese, em sua mensagem de vídeo. 

"Me parece uma visão preconceituosa, uma visão atrasada, e uma visão na qual está presente, sem dúvida nenhuma, o conservadorismo do pensamento político brasileiro."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos