Bill Clinton diz que Hillary é excepcionalmente qualificada para assumir presidência dos EUA

Do UOL, em São Paulo

  • Saul Loeb/AFP

    Bill Clinton exaltou a mulher, Hillary, durante seu discurso na Convenção Democrata

    Bill Clinton exaltou a mulher, Hillary, durante seu discurso na Convenção Democrata

O ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, afirmou nesta terça-feira (26), durante a Convenção Nacional Democrata, que sua mulher, Hillary, é excepcionalmente qualificada para assumir a presidência do país, e a pessoa mais capaz de promover mudanças que ele já conheceu.

Segundo Bill Clinton, Hillary é capaz de enfrentar qualquer problema e sair da situação de forma melhor.

Em momento histórico, a ex-secretária de Estado e ex-senadora norte-americana Hillary Clinton foi confirmada nesta terça como a candidata do Partido Democrata a presidente dos Estados Unidos nas eleições deste ano.

Hillary é nomeada candidata democrata

  •  

Em um discurso bem pessoal e emotivo, Bill Clinton contou a história de como conheceu a mulher e sua trajetória, como namorada, mãe, primeira-dama e secretária de Estado, até os dias atuais. "Hillary nos fará mais fortes. Ela passou a vida fazendo isso", afirmou o ex-presidente.

O ex-mandatário começou seu relato por "aquele dia da primavera de 1971" quando viu aquela menina em uma aula de Direitos Civis, "sem maquiagem" e com quem, desde então, "não deixou de caminhar e rir juntos".

Entre as lembranças e a ternura dos diferentes episódios de sua vida juntos, com aplausos e risos do público, o ex-presidente enfatizou a vocação de sua mulher para melhorar a vida dos demais, especialmente das crianças, e lutar por um país melhor.

"Nunca esteve satisfeita com o status quo, em nada, sempre quer movimentar a bola para frente", assegurou o ex-presidente, que, se sua mulher conseguir ganhar em novembro, se transformará no primeiro "primeiro-cavalheiro" dos Estados Unidos. "É uma líder natural", reforçou Clinton, interrompido várias vezes pelos aplausos do público.

A última parte do discurso de Bill Clinton foi um tratado a favor da integração, em contraste com a mensagem habitual de Trump. "Se você é muçulmano e ama os Estados Unidos e a liberdade, e odeia o terror, fique aqui e nos ajude a ganhar", clamou o ex-presidente, que também fez um apelo a favor da aprovação de uma reforma migratória no país.

Discurso surpresa

Já confirmada como candidata democrata à presidência, Hillary discursou por breves segundos depois do marido, por meio de uma conexão de vídeo de Nova York, na convenção de seu partido na Filadélfia para agradecer aos presentes por sua indicação.

"Pode ser que me torne a primeira presidente dos Estados Unidos", disse Hillary dirigindo-se às meninas que a estavam escutando naquele momento. "Mas a próxima pode ser você". 

Conheça a trajetória política de Hillary Clinton

  •  

Advogada, primeira-dama e política

Nascida no dia 26 de outubro de 1947 em uma família de classe média de Chicago, Hillary Diane Rodham Clinton é formada em Direito e teve uma carreira jurídica de sucesso antes de entrar para a política. Como jurista, ela se destacou em trabalhos acadêmicos e chegou a publicar artigos sobre direitos das crianças e políticas públicas sobre a infância em revistas especializadas respeitadas. Também trabalhou como advogada em escritórios famosos.

Hillary se casou em 1975 com Bill Clinton, que viria a ser seria eleito presidente dos Estados Unidos em 1993. Ela entrou de vez para a política com a eleição como senadora pelo Estado de Nova York, em 2001, ocupando o cargo até 2009.

Naquele ano, ela foi nomeada por Obama como secretária de Estado, posição que ocupou até o começo de 2013. No início do ano passado, veio a público que Hillary usou um servidor pessoal para hospedar e-mails sigilosos do governo. Este mês, a procuradoria-geral dos EUA anunciou que não processaria a ex-secretária.

Hillary e Bill são pais de Chelsea, de 36 anos, que hoje trabalha na Fundação Clinton e na Clinton Global Initiative, ONGs tocadas pelo pai. Mãe e filha discursam na quinta (28), encerrando a convenção democrata. (Com agências internacionais)

Michelle Obama lembra escravidão em discurso pró-Hillary

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos