Caçadores de tesouro iniciam escavação em busca de "trem de ouro nazista"

Do UOL, em São Paulo

  • Czarek Sokolowski/ AP

    Máquina escava terreno em busca de suposto "trem de ouro nazista", em Walbrzych, Polônia

    Máquina escava terreno em busca de suposto "trem de ouro nazista", em Walbrzych, Polônia

Exploradores começaram a escavar o terreno onde acreditam estar enterrado um suposto "trem de ouro nazista" que teria sido escondido pelos alemães no final da Segunda Guerra Mundial perto de Walbrzych, no sudoeste da Polônia, nesta terça-feira (16).

Durante décadas, os caçadores de tesouro enfrentaram busca infrutíferas e avaliações científicas que afirmam que não há trem no local, além de alertas de historiadores de que um trem neste estilo nunca deve ter existido. Mas nada disso impediu o grupo de continuar a procura pelo trem.

Segundo uma lenda local, um "trem de ouro nazista" desapareceu no túnel da montanha durante a fuga dos alemães com a chegada do Exército soviético no final do conflito mundial. Na época, o local pertencia à Alemanha, mas passou a fazer parte da Polônia após o fim da guerra.

Natalia Dobryszycka/ AFP
Trabalhadores participam de escavação em local onde se acredita estar enterrado um "trem de ouro nazista"

No ano passado, os exploradores Piotr Koper e Andreas Richter afirmaram ter localizado o trem graças a testes realizados com georradar. O anúncio provocou uma corrida do ouro ao local.

Inicialmente, um funcionário do governo disse que ele "estava 99% seguro" de que o trem não estava lá, mas isso só alimentou o interesse dos caçadores de tesouro. A chegada dos exploradores e curiosos de toda a Europa ajudou a aquecer a economia local, que se baseava na exploração de minas de carvão e que sofreu uma forte degradação com a queda do comunismo.

  • 49619
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2016/08/16/voce-acredita-que-exista-o-trem-de-ouro-nazista.js

Andrzej Galik, porta-voz do grupo de exploradores, disse que seis companhias independentes usando radares detectaram anomalias no local, o que seria indício de haver um túnel subterrâneo. "Os resultados dos exames com radar são muito promissores", disse Galik.

Historiadores dizem que a existência do trem, que teria desaparecido em maio de 1945, nunca foi comprovada.

No ano passado, no meio da animação pelo anúncio da possível localização do trem, o Congresso Mundial Judaico (WJC, na sigla em inglês) lembrou as autoridades polonesas que, no caso da descoberta do tesouro, qualquer objeto de valor que tenha pertencido a um judeu morto no Holocausto deveria ser devolvido aos donos de direito ou seus herdeiros. (Com as agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos