Bomba deixa ao menos 14 mortos nas Filipinas

Do UOL, em São Paulo

  • Manman Dejeto/AP

A explosão de uma bomba em um mercado de rua na cidade de Davao, no sul das Filipinas, deixou ao menos 12 mortos, afirmou nesta sexta-feira (2) o governo do país. Ao menos 60 pessoas ficaram feridas.

Um dispositivo explosivo improvisado causou a explosão, informou o porta-voz presidencial Martin Andanar, acrescentando que traficantes de drogas contrários à guerra do presidente Rodrigo Duterte contra o crime ou militantes islâmicos podem ter sido os autores.

"Há muitos elementos que estão furiosos com o nosso presidente e o nosso governo", disse Andanar à rádio DZMM.

Davao é o berço político de Duterte, que visitava a região nesta quinta.

O chefe da polícia regional, Manuel Guerlan, afirmou que operações foram montadas em todas as saídas da cidade.

"Uma investigação está sendo conduzida para determinar a causa da explosão", disse Guerlan. "Pedimos que todos permaneçam vigilantes." (Com agências internacionais)

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos