Infância

Garoto deixa o cabelo crescer por 2 anos para doar a crianças com câncer

Do UOL, em São Paulo

Thomas Pulos, então com oito anos, ficou sensibilizado ao conhecer a história de Kissy Andrews, uma menina que precisou raspar o cabelo por causa do tratamento contra o câncer. O garoto de Maryland, nos Estados Unidos, decidiu, com o apoio de familiares, ajudar de alguma forma as crianças que lutam contra a doença.

Twitter/Amber Lynne

Durante dois anos, Thomas deixou o cabelo crescer até um ponto que pudesse ser usado para fazer perucas para as crianças.

Com 40 centímetros a mais nos fios de cabelo e um visual diferente para um garoto de dez anos, ele cortou as madeixas no último sábado (10). Três perucas poderão ser produzidas com sua cabeleira.

Sua tia Amber Lynne publicou as fotos do "antes e depois" no Twitter, e ela viralizou rapidamente, ganhando repercussão na imprensa americana.

"Foi fantástico a decisão dele de fazer algo tão altruísta para ajudar as pessoas", disse sua mãe, Angilea Pulos, à emissora NBC, que mostrou o corte.

Twitter/Amber Lynne

Segundo sua tia, o afro deu trabalho, e Thomas chegou a ficar com tranças para que o corte continuasse bonito.

Ele quase desistiu algumas vezes, mas se lembrou do motivo pelo qual deixou o cabelo crescer e continuou deixando. A meta, segundo Amber Lynne contou ao "Buzzfeed", era deixá-lo crescer até que pudesse fazer a garota feliz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos